Seguidores

Cuidado com alguns candidatos sem embalagem na CAPITAL do DINHEIRO que querem te ludibriar

De acordo com a Pedagogia, o nível cultural dos alunos deve reger o discurso didático de um professor na hora de ensinar os conteúdos. Baseados nessa máxima, conscientes ou não, os políticos da política brasileira, têm endossado seus discursos para obter os votos necessários para serem eleitos e/ou reeleitos.
Um exemplo disso foram os discursos de que tudo estava bem, e que tudo iria ficar melhor, feitos pela então candidata à reeleição, e atual presidente da República, Dilma Rousseff, mas que depois de ter ganhado, tantos eleitores da dita cuja quanto os da oposição, viram “a coisa ficar preta”: recessão na economia, inflação beirando à casa dos 10%, crescimento ínfimo do PIB (Produto Interno Bruto), desemprego na casa dos 9%, e por aí vai.
Sempre digo em minhas andanças pela CAPITAL do DINHEIRO cuidado com os discursos vazios de alguns pré-candidatos que andam falando asneiras, prometendo a terra e o céu, caso sejam eleitos.
Tem candidatos a prefeito e a vereadores que usam da sua bandidagem para fazer os ouvintes até chorar, nalguns casos, mas que não transmitem nada, a não ser a falta de compromisso com a “coisa pública”, que só é vista por quem sabe como funciona a administração pública, e não se deixa enganar.
Para não se enganar e pensar que foi o político quem o fez, segue uma dica: melhore seu nível cultural em relação à política e sua funcionalidade, para saber se um discurso está nivelado à realidade ou não. Boa sorte para nós que vamos nos imbuir nessa missão! As eleições municipais de 2016 já vêm aí.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts