Seguidores

Sem saída, 200 empresas fecharam as portas na CAPITAL do DINHEIRO


Cresce a proporção de empresas (grandes, médias e pequenas) que, sem ver saída da crise financeira e da economia brasileira, opta por encerrar as atividades, em comparação ao universo daquelas que abrem as portas. De junho de 2015 a junho deste ano, 200 empresas deram baixa em seus registros  e devolveram as máquinas de cartão de débito e crédito a uma determinada empresa da CAPITAL do DINHEIRO. 

Em 2000, quase cinco empresas eram criadas, enquanto uma deixava de funcionar. A proporção foi se reduzindo, durante os altos e baixos da economia, até chegar no ano passado a um ritmo de duas empresas abertas para cada uma fechada.

Uma cidade que até o mês de junho arrecadou R$90 milhões não pode deixar que essas empresas fechem as portas os governantes tem que criar algo ou seja que injete dinheiro para o comércio sobreviva.



  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts