Seguidores

Minuto Finanças - Você valoriza o dinheiro que tem? Então, pense bem nessas 3 questões antes de comprar

 
Todos sabem que o poder de compra é algo limitado. Você ganha um salário e com ele precisa garantir que as contas domésticas sejam pagas, juntamente com o que é essencial e os gastos eventuais. Assim, cada compra precisa ser ponderada para que você mantenha o controle financeiro em dia e não corra risco de se endividar.
Mas como escolher, entre tantas possibilidades, o que é bom comprarmos e o que é melhor esquecer? Existe algum princípio que podemos seguir antes de gastarmos o nosso dinheiro? De fato, há maneiras para você fazer suas escolhas com sabedoria e definir se realmente precisa gastar com algo. Quer saber como fazer isso? Antes de uma compra, se guie pelas perguntas a seguir:

1. Vai fazer eu me sentir melhor comigo mesmo?

Quando você faz uma compra é interessante se questionar se aquela ação o fará se sentir melhor consigo mesmo. Esta é uma pergunta bastante difícil de responder, principalmente porque podemos ser facilmente enganados pela resposta. O objetivo deve ser adquirir coisas ou experiências que realmente o façam se sentir melhor não só no momento da compra, mas no longo prazo.
Esta compra pode ser desde uma roupa que o torne mais confiante, um corte de cabelo, um curso de algum instrumento ou novo idioma, a mensalidade de uma academia. E, saiba, essas compras não precisam ser caras. Na verdade, muitas das experiências podem ser gratuitas.

2. Tem significado?

Experiências que promovam a interação com outras pessoas também são excelentes para trazer prazer e alegria para o dia a dia. Fazer parte de alguma organização, time ou clube, além de poder trazer contatos profissionais, é extremamente positivo para a sensação de bem-estar.
Por isso, é sempre bom gastar seu dinheiro em experiências que tenham significado, que o façam se sentir parte de uma comunidade e buscar um objetivo comum. Assim, vale ficar atento aquelas saídas meramente para fazer o famoso “social”. Gaste com os amigos somente quando quiser e se for para lhe fazer bem!

3. Vai me envolver e me desafiar?

Atividades envolventes têm o poder de nos fazer crescer a medida do tempo. Todos temos alguma experiência que nos trazem muita diversão, alegria ou desafio. Investir neste tipo de atividade é muito melhor do que gastar em objetos que ficarão escondidos no fundo do armário ou só trarão satisfação no curto prazo.
Experiências envolventes e desafiantes podem ser desde uma viagem, até tocar um instrumento musical, jogar futebol com os amigos, andar de bicicleta ou passar uma tarde na praia. Novamente, o valor destas experiências não são medidas em dinheiro mas em quanto elas podem ser positivas para sua vida.

Gaste o dinheiro da melhor forma possível

Como diz o velho ditado: “dinheiro não traz felicidade”. Porém, a verdade é que ele pode ajudar a trazer coisas e experiências para a nossa vida que farão com que possamos nos sentir mais felizes. Sempre que for realizar um compra, pense se o seu dinheiro está sendo gasto de maneira a lhe tornar uma pessoa melhor e mais alegre.
A compra vai fazer eu me sentir mais realizado e melhor comigo mesmo? Ela traz significado para minha vida? Traz desafios e uma experiência envolvente? Responder com sinceridade essas perguntas pode levá-lo a escolhas mais conscientes, mas além disso você deve evitar comprar por impulso! O prazer imediato de uma compra não é a melhor medida para saber se vale a pena ou não gastar o seu dinheiro.

E você? Compra sem pensar avalia bastante se cada gasto vale a pena?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts