Seguidores

Os marqueteiros darão o tom da campanha política na CAPITAL do DINHEIRO


Estamos há quase três meses das eleições municipais, porém os prognósticos a respeito dos futuros resultados já começam a ser traçados pelos políticos, pela imprensa, pelos marqueteiros, enfim, pelo eleitor.

Tudo que se disser agora, mesmo vindo de profissionais da política, cientistas políticos e marqueteiros não passará de previsões. E as previsões, neste campo, como em quase tudo na vida, nem sempre se confirmam, para alegria de uns e infelicidades de outros.

Na CAPITAL do DINHEIRO os políticos se agarram aos marqueteiros como verdadeiras tábuas de salvação, entregando-lhes, praticamente, o comando das eleições.

Da vitoriosa campanha do prefeito Valmir Mariano, em 2012, fala-se que somente foi possível graças às magias de Mônica Calassa e João Aguiar, que são ícones do marketing político tupiniquim.

Mas será que o marketing eleitoral tem tanto peso assim?

Valmir, por exemplo, poderia ter ganhado a disputa acaso não contasse com Mônica Calassa e João Aguiar?.

Uma campanha vencedora dependerá de um candidato vencedor!

O problema, na CAPITAL do DINHEIRO, por exemplo, é que todos os principais candidatos, potencialmente, são vencedores. Acaso não hajam mudanças significativas no quadro atual, teremos Valmir Mariano (PSD), Darci Lermen (PMDB) e Marcelo Catalão (DEM), além de outros menos expressivos, disputando a eleição. Valmir Mariano, tem como sua maior vitória eleitoral o fato de haver ganho a eleição passada contra Coutinho, quando este era considerado quase como imbatível.

Entretanto, voltando os olhos para o passado, vê-se que a candidatura vitoriosa de Valmir Mariano foi muito mais fruto de erros de estratégia do candidato favorito, bem como da união de toda a oposição.

Darci Lermen é um candidato ganhador, vencedor de disputa para prefeito da CAPITAL do DINHEIRO, onde foi eleito duas vezes consecutivos.


Dos três Marcelo Catalão não tem tradição em eleições majoritárias, porém conseguiu uma votação espetacular como candidato a deputado federal, devendo se registrar, entretanto, que milhares desses votos vieram de cidades do interior paraense.

Do ponto de vista pessoal, os três são bons candidatos, tem boa presença, são bem articulados em suas intervenções junto à televisão, ao rádio e perante a imprensa escrita. Os correligionários desses candidatos já começam a falar a respeito de seus marqueteiros, tendo Valmir Mariano já escolhido o seu, o qual aliás, ocupa espaços, devido ser o mago do marketing no estado do Pará. 


Comenta-se que Orly Bezerra encontra-se fazendo algumas peças para a Prefeitura e por conta disto já se diz que ele cuidará da campanha de Valmir Mariano

A campanha do ex-prefeito Darci Lermen, creio que o marqueteiro do Darci Lermen terá a missão de centrar o foco de sua campanha em sua experiência como prefeito, nas obras que realizou e deverá explorar o fato de seu partido ter o presidente interino Michell Temer.


Acredito que os marqueteiros desses candidatos deverão descobrir, através da análise das pesquisas qualitativas, o que os eleitores desejarão para o próximo ocupante do Morro dos Ventos (nome do edifício sede da Prefeitura da CAPITAL do DINHEIRO) e tentarão apresentar seus candidatos como o mais capaz para realizar esses objetivos.

Sobre as estratégias de marketing e os ícones da publicidade política brasileira, quero lembrar aos senhores que, por uma questão de praticidade, é comum se verificar, Brasil afora, campanhas “tocadas” pelos mesmos apelos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts