Seguidores

Vale - da extração bilionária e maximização e lucros, deixa um legado ao povo da CAPITAL do DINHEIRO

Temos a maior mina de ferro do planeta, que movimenta e aumenta o nosso PIB a serra dos carajas, que está sob o domínio da mineradora VALE. A mineradora é responsável por 50% da economia do município. Seus funcionários são polivalentes, enfrentam jornadas exaustivas de trabalho divididos em escalas desumanas, haja visto que a empresa visa a maximização dos lucros e evidentemente o funcionário será extremamente explorado e não terá vida social, assim vejo a vida de inúmeros trabalhadores que não tem tempo para suas famílias porque a escala não permite o tempo de lazer. A empresa precisa rever seu papel social , isso culmina num grande número de divórcios, e o afastamento das famílias.


A VALE, não pode reclamar de crise, os ventos sopram a seu favor, o ferro está em alta no mercado mundial, teve aumento de 40% , as ações subiram 8,4% na bolsa de valores, a tonelada de minério de ferro está chegando a 70 dólares , um recorde de vendas. As aquisições internacionais de minério de ferro aumentaram em todo mercado asiático, as siderúrgicas chinesas compram toda a nossa produção.

Por outro lado, a mineradora VALE, deixa uma taxa de arrecadação da CFEM,muito abaixo da realidade, também não paga para os municípios a taxa de CFEM do ouro, que é muito explorado pela mineradora e vendido grandes toneladas e o município não recebe nem um centavo. Simplesmente porque não fiscaliza a mineradora, e ela paga o que quer e como quer. A arcaica e imbecilizada lei "candir", contribui para isso, mais os prefeitos precisam acordar para esse fato.

A VALE, através de um processo midiático internaliza uma visão surrealista da empresa e com isso acaba trazendo um grande fluxo migratório de pessoas que na esperança de uma vida melhor se deparam com outra realidade e aumentam as mazelas sociais do município. Com o desemprego, os problemas da falta de atendimento médico, da falta de moradia, e os aumentos da violência e dos homicídios e assaltos.

Na parte social a empresa investe muito pouco pelo total exorbitante de seus lucros, Parauapebas necessita da VALE:
-Incentivos que fomente à cultura,
-Valorização da arte local,
-Investimentos na educação, mais de fato ações sérias, não as tapeaçoes que ela faz no município. Isso é responsabilidade de uma empresa lucra muito e paga uma mixaria, para o real dono do território. 

Que os prefeitos do Sul e sudeste do Pará, possam de fato cobrar uma ação mais enérgica da VALE.

Prof. Francisco serrano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts