Seguidores

Perfeito, Arnaldo jabor

Resultado de imagem para arnaldo jabor
Jamais vou entender este fenômeno chamado, Carnaval. Um povo sofrido, roubado, explorado, muitas vezes sem perspectivas, de uma hora pra outra, explode numa alegria sem motivo...sem limites, sem pudor. Homens que até sexta feira, trabalharam de terno e gravata, no sábado vão para as ruas, maquiados, vestidos de mulher, sutien por cima de peitos peludos, braços e pernas cabeludas, numa imitação grotesca e sem sentido do sexo feminino. Mulheres que se matam em trabalhos, muitas vezes degradantes e mal remunerados...sofrem nas filas de hospitais e creches, aparecem na passarela, cobertas de brilho e rebolando, como se não houvesse o amanhã.

Os canalhas no poder, adoram esta orgia sem sentido, porque pelo menos por alguns dias, o povo está olhando pro outro lado, enquanto eles continuam sugando cada gota de sangue e cada centavo que puderem roubar.

As ruas estão tomadas de foliões urrando de alegria...e eu me pergunto: VOCÊ ESTÁ ALEGRE PORQUÊ, OTÁRIO ??? Sua vida melhorou de ontem pra hoje? Seu salário aumentou? Seu filho entrou numa boa escola? Se você cair de um trio elétrico e quebrar a cabeça, vão te levar para um bom hospital? Você terá água em casa, pra tomar banho, quando voltar da gandaia?

Então me explica, seu trouxa...TA RINDO DE QUE???
Você irá pra rua com esta mesma vontade, pra protestar contra esta roubalheira absurda, que está destruindo a vc e ao nosso país?

Por estas e outras que os governantes adoram Carnaval e eu jamais vou entender porque nosso povo é tão alienado.
Arnaldo Jabor

14 comentários:

  1. Me desculpe o genial Arnaldo Jabor mas, sua síntese fatídica sobre o significado do que é o carnaval, das nuances e transformações de cada folião contrastando com o caos político econômico social reinante em nosso país , não reduz de maneira nenhuma sua importância folclórica e cultural deste evento, nem tampouco a consciência social do povo.

    Será que retirando a festividade do Carnaval de nossa cultura a vida iria melhorar? Teríamos melhores escolas? A saúde melhoraria?

    Será que se retirarmos as festividades de fim de ano, retirarmos o Natal, os campeonatos de futebol, as comemorações folclóricas regionais, as comemorações e eventos religiosos, a corrupção vai diminuir? O Congresso deixaria de aprovar projetos sorrateiros?

    Será que devemos viver apenas enclausurados em nossas casas e em nossas mentes, de casa para o trabalho e vice-versa?

    Será que devemos viver apenas para elucubrar resistência contra governantes malfeitores?

    Pense bem! Sem festividades como o Carnaval, as enfermidades que assolam o povo irão embora? Nosso salário vai aumentar? Os hospitais públicos vão oferecer atendimento mais decente? As diferenças entre as pessoas vão reduzir, a incompreensão e o preconceito vão acabar? A corrupção será erradicada?

    Por favor, Arnaldo Jabor, não diminua tanto a inteligência do povo, que só quer, em meio a tanto caos em nossa sociedade, descontrair um pouco.

    Não estamos cegos, nem surdos, nem mudos, muito menos loucos, só por que gostamos de carnaval, de folclore, de futebol, de festividades culturais ou religiosas.

    Vamos manter sim, resistência contra tanta roubalheira instalada, vamos agir sempre que preciso, vamos para as ruas, vamos espalhar nossa inquietação pelas redes sociais.

    Devemos lembrar que, uma de nossas maiores irresponsabilidades sociais (ou responsabilidade) talvez esteja na hora de encararmos as urnas, de elegermos quem nos representará. Muitos Ainda trocam o voto por pão e leite.

    Nem por tudo isso, vamos nos tornar seres apáticos e insensíveis a um dos sentimentos mais contagiantes do povo brasileiro: A ALEGRIA!

    Gilmar MC

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Acho que não:

      http://www.jornalcidadesdaserra.com.br/jamais-vou-entender-esse-fenomeno-chamado-carnaval-na-ponta-da-caneta-por-claudir-benini-jornalista-e-editorgrupo-volp-de-comunicacao/

      Excluir
    2. Definitivamente, não. Analisemos o teor e os detalhes desse texto. Arnaldo Jabor é um comunicador por excelência e não se rebaixaria ao ponto de xingar seus compatriotas sofridos e dioturnamente enganados de trouxas ou otários...

      Excluir
    3. Este texto nao é de Arnaldo Jabor. É de Claudir Benini. E este, nada tem a ver c o texto original.

      Excluir
  3. Me parece que esse texto não é do Arnaldo Jabor:

    http://www.jornalcidadesdaserra.com.br/jamais-vou-entender-esse-fenomeno-chamado-carnaval-na-ponta-da-caneta-por-claudir-benini-jornalista-e-editorgrupo-volp-de-comunicacao/

    ResponderExcluir
  4. Eu contesto a autoria do texto. Eu pesquisei a Internet para ler esse
    mesmo texto na fonte, como gosto de fazer. Encontrei duas páginas onde
    esse mesmo texto (com poucas alterações) foi publicado:

    http://www.jornalcidadesdaserra.com.br/jamais-vou-entender-esse-fenomeno-chamado-carnaval-na-ponta-da-caneta-por-claudir-benini-jornalista-e-editorgrupo-volp-de-comunicacao/

    e

    http://www.tribunapopular.com.br/coluna/jamais-vou-entender-este-fenomeno-chamado-carnaval/139

    Nenhuma das duas páginas é de autoria do Arnaldo Jabor. Pelo contrário,
    o Arnaldo Jabor defende um entendimento mais sociológico do fenômeno
    social "Carnaval" em http://cbn.globoradio.globo.com/comentaristas/arnaldo-jabor-o-comentario-de-arnaldo-jabor/2017/02/24/CARNAVAL-AINDA-E-A-MARCA-DE-NOSSA-GRANDEZA.htm.

    Entendo que o texto agrade a muitas pessoas, porém, por outro lado, o
    mesmo texto também desagrada a muitas outras, inclusive desferindo
    ofensas ao coletivo. Por esse motivo, é altamente desejável saber quem
    escreveu e publicou, de fato, o texto, até para eventualmente responder
    civilmente por eventuais danos.

    ResponderExcluir
  5. Nao me importa de quem é o texto, mas na verdade que o autor traz para a reflexão.
    Muito Obrigado

    ResponderExcluir
  6. Ouçam o áudio dele na cbn. O texto não parece ser dele. http://cbn.globoradio.globo.com/default.htm?url=/comentaristas/arnaldo-jabor-o-comentario-de-arnaldo-jabor/2017/02/27/CARNAVAL-TAMBEM-REVELA-NOSSO-DESTINO.htm

    ResponderExcluir
  7. Cuidado com textos correntes de whatsup.igual do Sérgio reis, igual dá jornalista dá globo Mirian leitão.
    Eu estou ligado em textos inventados....He he

    ResponderExcluir

Popular Posts