Seguidores

A greve da educação estadual na CAPITAL do DINHEIRO

Resultado de imagem para paz na greve

Ser contra a greve, é o mesmo que aceitar ser educado pelos políticos brasileiros e não pelos verdadeiros bons professores. Camila Godoy

Os professores da rede estadual na CAPITAL do DINHEIRO estão em greve desde o dia 15 de março lutando por melhorias na área educacional e na área previdenciária.

O interessante dessa greve é que o governo estadual é sabedor que vem deixando a desejar com a categoria dos professores que fazem a educação paraense acontecer, com todos os empecilhos colocados pela gestão tucana que não gosta muito de dialogar com a classe não sei por qual motivo, mas volto a frisar o interessante que dessa vez, por incrível que pareça a briga está sendo travada com alguns gestores que até parecem que não são professores e acham que estarão eternamente na direção das escolas.

Alguns gestores usam o poder com mão de ferro, ops, com a mente para agradar a URE, esses gestores realizam reuniões e dão pressão nos indefesos professores contratados para dar aulas e tentar quebrar a greve pelos direitos de todos.

Os gestores esquecem que a luta não é contra os companheiros e sim contra um sistema que quer acabar com os direitos dos trabalhadores da educação.       

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts