Seguidores

A crise que assola a minha linda e eterna Cabrobó

Resultado de imagem para cabrobo
Não sei se tenho medo 
Não sei se tenho medo 
Trabalho o tempo inteiro 
Estou procurando emprego 
E é mais um aumento 
Não tenho mais dinheiro 
Atraso o aluguel 
Não compro alimento (Fragmentos da música Desemprego do Titãs) 
A crise que atinge o país com 13,5 milhões de desempregado, segundo o IBGE, dados que não acredito, pois na minha visão tem muita mais pessoas desempregadas chegando a patamares que quase 16 milhões nesse Brasil Varonil.

A minha linda e eterna Cabrobó cravada no sertão pernambucano distante 531 km conhecida como a TERRA da CEBOLA, mesmo não tendo mais esse titulo e a TERRA do arroz vem passando por uma das mais graves crises financeira "nunca antes visto". Com um número de desempregados altíssimos e estimando que mais demissões virão advinda da prefeitura municipal, uma das principais empregadoras na cidade que no momento creio eu deva estar abarrotadas batendo o seu limite.

O comércio local, segunda maior empregadora da cidade passa também por situações dificílima onde vários donos de mercadinhos estão reclamando da baixa venda e do sumiço dos clientes que só compram o necessário e olha lá.

Segundo um dos funcionários que não quis se identificar do maior supermercados da região onde muitos chamam, supermercados, João de Quincas, sentiu o baque da crise que assola a minha linda e eterna Cabrobó.

Um dos postos de gasolina mais antigos da cidade também sentiu o baque nos cofres da empresa, segundo um dos bombeiros que não quis se identificar.

A famosa feira dos sábados que nas décadas de 80 e 90 vendiam demais está dando dó de se ver, a venda caiu drasticamente, muitos feirantes reclamando, pasmem, alguns disseram que estão quase passando necessidades.     
Se o prefeito Marcílio Cavalcante juntamente com os grandes empresários e pequenos empreendedores da minha linda e eterna Cabrobó não buscarem uma forma para dar uma guinada na economia cabroboense, economia essa que já está na UTI há um determinado tempo, morrerá logo, logo.

A prefeitura pode dar o ponta pé inicial, o prefeito pode fazer a diferença sim, e como pode. Na minha tese da conclusão da minha pós-graduação o meu tema foi:  A REESTRUTURAÇÃO da ECONOMIA de CABROBÓ - São projetos fáceis de alavancar a economia de uma das cidades que foi a mais prósperas do sertão e hoje está na UTI prontamente para morrer, mas ainda existe uma chance, basta apenas acreditar, slogan da minha campanha de 2016 rumo a CASA de LEIS da CAPITAL do DINHEIRO, Parauapebas - PA, onde fiquei entre os 100 mais votados.    
Resultado de imagem para cabrobo




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts