Seguidores

Saúde - O poder do mamão papaia

O poder do mamão papaia
Nome botânico: Carica papaya
Original do sul do México e América Central, o mamão papaia é cultivado agora na maioria das regiões tropicais, inclusive no Havaí, onde foi introduzido no início de 1800. Hoje, o Havaí ainda é o único estado americano em que o mamão papaia é cultivado comercialmente.

A vitamina C é um dos pontos fortes do mamão papaia, oferecendo 144% do valor diário recomendado por dose, sendo excelente no combate a infecções, além de um potente antioxidante eliminador de radicais livres.
Outras vitaminas apresentam 31% do valor diário de vitamina A, necessária para a saúde da pele, membranas mucosas e visão, sendo eficaz principalmente no combate contra a degeneração macular.
O mamão papaia fornece 13% do valor diário recomendado em ácido fólico, além de boas quantidades de fibra e potássio, um componente de fluido celular e corporal que ajuda a controlar os batimentos cardíacos e a pressão arterial.
As vitaminas B no mamão papaia, como ácido fólico, piridoxina (vitamina B6), riboflavina e tiamina (vitamina B1) são chamadas "essenciais" porque são necessárias para o corpo, mas não são produzidas por ele. Sendo assim, precisam de uma fonte externa para fornecer o que é necessário para o metabolismo (é por isso que é tão importante incluir alimentos como o mamão papaia na sua dieta).
O mamão papaia é um remédio natural para várias doenças, tais como aterosclerose, doenças cardíacas e artrite reumatoide, além de ajudar a manter a saúde de seus sistemas digestivo e imunológico. O mamão papaia também contém o flavonoide betacaroteno, comprovado por estudos como auxiliar na proteção contra o câncer de pulmão e de boca.
Outros flavonoides, como a luteína, zeaxantina e criptoxantina, apresentam potentes propriedades antioxidantes contra radicais livres que podem desgastar o corpo e causar envelhecimento precoce e doenças degenerativas.
O mamão papaia contém 212 aminoácidos e diversas enzimas, entre elas a papaína, uma enzima proteolítica com efeito anti-infamatório para o estômago, incluindo inchaço e febre que podem surgir após cirurgias. A papaína ajuda a digerir as proteínas mais rapidamente, reduzindo o refluxo ácido, e mostrou eficácia no tratamento de úlceras e até mesmo no alívio da síndrome do intestino irritável.
As sementes do mamão papaia foram usadas na medicina popular para tratar infecções causadas por parasitas e micoses. No entanto, faça um consumo moderado do mamão papaia porque ele contém frutose, que pode ser nociva à sua saúde quando ingerida em grandes quantidades.
Duas variedades geneticamente modificadas do mamão papaia foram introduzidas no Havaí nos anos 90, fazendo dele o primeiro alimento geneticamente modificado a ser introduzido no abastecimento alimentar nos Estados Unidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts