Seguidores

A CASA de LEIS, da minha linda e eterna Cabrobó não é vista com bons olhos nesses 5 meses

Câmara de Cabrobó
A Constituição Federal de 1988 em seu artigo 31, assegura que "A fiscalização do município será exercida pelo Poder Legislativo municipal, mediante controle externo, e pelos sistemas de controle interno do Poder Executivo municipal, na forma da Lei."


Nesses 5 meses, de uma nova legislação na CASA de LEIS, tivemos a saída de um vereador para assumir a poderosa secretaria de Desenvolvimento de Assistência Social e, no seu lugar assume um ex-vereador da legislatura 2013-2016, que de cara assume o papel de líder de governo. O vereador mais votado na eleição de 2016 poucos meses depois, renuncia e no seu lugar, assume a velha raposa, que há 5 meses atrás era o vice-prefeito, esse é um eterno amante do poder e já enfim, de carreira.
Depois, veio o polêmico projeto de lei de nº 017/2017 enviado pelo executivo que concedia míseros 2% de reposição salarial, pasmem, que foi aprovado sem nenhum constrangimento, pelos 6 vereadores que viraram as costas para os trabalhadores que faz a educação cabroboense acontecer.
Essa CASA de LEIS, com raríssimas exceções, entrará, ops, já entrou, para a história, como a que teve em menos de 5 meses, duas mudanças no legislativo, pasmem,  e a que virou as costas, para os servidores municipais.
Essa CASA de LEIS, com raríssimas exceções, é uma fiel escudeira do executivo, tudo que mandam, os vereadores situacionistas, aprovam na maior cara de pau, ops, eles usam os microfones, para aprovarem as leis, rsrsrsrs.  

Pelo que os entrevistados disseram, a CASA de LEIS, não está sendo bem vista, pelo seu modo de atuação, que valoriza muito mais o executivo, do que o povo, a prova foi a votação para a reposição dos míseros 2%, uma vergonha nacional. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts