Seguidores

Lula questiona motivo da delação de Joesley.



O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, em entrevista, que ainda não está claro o motivo pelo qual o empresário Joesley Batista, dono da JBS, fez a delação premiada à Procuradoria-Geral da República.
“A palavra mágica agora é propina. Essa delação do Joesley… Ainda não está claro a serviço do que ele fez essa delação. A serviço do quê? Só vai saber com o tempo”, afirmou o Lula. 
As declarações de Lula foram dadas no contexto em que o ex-presidente defendia o financiamento público para campanhas políticas. O petista criticou a influência do “poder econômico” nas eleições e chegou a dizer que nenhum candidato vendeu carro ou casa para disputar um pleito. “Todos pediam para empresário”, afirmou
“Eu fico imaginando como é que você pode preparar um empresário para ir gravar um presidente. Ele se orgulhava de ser o empresário que mais contribuiu em campanha política e transformou a contribuição em propina”, afirmou Lula.
A JBS foi uma das maiores empresas doadoras nas campanhas eleitorais de 2014. Na delação à PGR, Joesley citou contas na Suíça que abasteciam o PT. O valor chegou a R$ 300 milhões. À época, o PT, Lula e a ex-presidente Dilma Rousseff rebateram o empresário e negaram ter dinheiro no exterior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts