Seguidores

Sem candidato, 41% mantêm a sucessão aberta.


O Ibope informa que a taxa de eleitores sem candidato ao Planalto é notável: 41%. Esse bloco divide-se entre os 33% que planejam desperdiçar o voto (brancos ou nulos) e os 8% que não têm ideia do que fazer com ele (não sabem ou não responderam). Os dados revelam que, a apenas quatro meses da eleição, a disputa pela poltrona de presidente da República está aberta.

Uma disputa em que mais de 40% do eleitorado não consegue enxergar uma porta de saída na antessala da eleição. Lula está empatado com os 33% de brancos e nulos. Sem ele, os candidatos que sobram estão abaixo desse patamar.

Aqui no Pará, um candidato a governador que tiver 1,8 milhões de votos estará praticamente. A conta bate se não for levado em consideração o número de votos brancos, nulos e a abstenção. Ou seja, apenas o número de votos válidos.

Para as duas vagas de senador, o cálculo é o mesmo. Quem tiver em média 1,5 milhões de votos estará com a faixa no peito.

Em se tratando de deputado federal, quem tiver entre 90 e 100 mil votos voltará em 2019 ao Congresso Nacional. 

Para deputado estadual, com 40 mil votos, seja de qual partido for, o candidato estará eleito.



Fontes _ Blog do Jozias e Carlos Mendes 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts