Seguidores

Minuto Finanças _ Oito em cada dez autônomos não contribuem com a Previdência

Resultado de imagem para trabalhadores autonomos
Renda de quem trabalha por conta própria caiu 33% no Governo Temer
Os trabalhadores que se tornaram autônomos, nos últimos dois anos, ganham 33% a menos, em média, do que faturavam os brasileiros sem vínculos empregatícios antes do Governo Temer. Além disso, oito em cada dez desses trabalhadores deixaram de contribuir com a Previdência Social.

Os dados que confirmam a realidade dessa categoria fazem parte de pesquisa divulgada pelo Dieese, com base em informações do IBGE. O instituto também revela que, assim como no trabalho formal, mulheres negras autônomas têm ainda menores rendimentos.

No Brasil, a cartilha neoliberal faz de empreendedorismo um eufemismo para tentativa de driblar o desemprego, realidade encontrada pelos 5 milhões de brasileiros que começaram a trabalhar por conta própria durante o Governo Temer. São 23 milhões de trabalhadores que não têm carteira assinada.

De acordo com o economista do Dieese Gustavo Monteiro, os autônomos da crise econômica ganham menos de um salário mínimo por mês e assim como no mercado de trabalho formal, as mulhe-res negras têm o menor rendimento com uma média mensal de R$ 809.

Outra questão levantada pelo relatório do Dieese afirma que mais de 80% dos trabalhadores autônomos não contribuem com a Previdência Social, o que atrapalha ou até inviabiliza a aposentadoria. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts