Seguidores

Reflexão _ Mova-se, Alejandro Bullón

Resultado de imagem para meditação bullon
Assim sobrevirá a tua pobreza, como um ladrão, e a tua necessidade, como um homem amado. Prov. 6:11
As coisas no mundo da Internet acontecem com uma velocidade extraordinária. Um site como o ‘Google’ que teve início apenas há sete anos, faturou no ano dois mil e cinco, por volta de seis bilhões de dólares. É dinheiro que deixa confuso qualquer mortal.

Num mundo cada vez mais globalizado  é impossível ficar parado. Permanecer na inércia ou mover-se como se ainda estivéssemos vivendo a euforia do descobrimento da roda pode ser fatal.
Como andar de charrete, quando existe o trem bala? Como enviar as mensagens de barco se com o clicar de um botão a notícia pode dar volta ao mundo?
O provérbio de hoje tem como propósito, despertar as pessoas que sob o argumento de estarem “esperando no Senhor” ficam de braços cruzados enquanto a caravana dos vencedores avança.
Pobreza e necessidade não podem nunca ser características do cristão. Humildade e simplicidade sim. Mediocridade e conformismo, jamais. O trabalho é um dom divino, entregue ao ser humano, antes da existência do pecado. A ocupação seria uma bênção. Uma vida de ócio não teria sentido. Depois da entrada do pecado, o trabalho passou a ser um elemento terapêutico. É verdade que o cansaço e a fadiga, fariam que a criatura fugisse naturalmente do esforço, mas o trabalho ainda continuaria sendo o maior instrumento formativo e restaurador.
Não faça do trabalho apenas uma ferramenta para ganhar dinheiro. Faça dele um ato de serviço. O dinheiro não satisfaz. O serviço realiza e a conseqüência é o dinheiro.
A pessoa que se entrega a uma vida de inatividade verá que mais cedo ou mais tarde, a pobreza aparecerá na sua vida como um ladrão, sorrateira, lenta, mas inevitável. Não há como fugir dessa realidade.
Faça deste dia um dia de realizações. O mundo gira e se você não acompanhar o seu movimento, com certeza ficará para trás. Dialogue com Jesus. Coloque os seus planos e projetos nas mãos daquele que não conhece derrota e parta para a luta. Não fique parado, porque se o fizer: “Sobrevirá a tua pobreza como um ladrão, e a tua necessidade como um homem armado.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts