Seguidores

General Motors pode encerrar atividades na América do Sul

Na sexta-feira, 19, uma triste noticia foi divulgado pela alta cúpula da GM (General Motors) no Brasil, a possibilidade do encerramento das atividades das fábricas situadas na América do Sul. Com isso as operações cessariam na Argentina e no Brasil, com prejuízo de milhares de empregos diretos e indiretos. 
Carlos Zarlenga, presidente da GM na América do Sul, relatou que a presidente global da marca, Mary Barra, durante anuncio dos resultados de 2018, deixou transparecer que a GM está considerando sair do continente, segundo ela os mercados da região continuam desafiadores. Há uma frente tentando alternativas de melhoria do negócio, mas caso não tenha sucesso outras alternativas serão consideradas, segundo Barra não haverá investimento que gere perda de dinheiro por parte da montadora.
Nesta semana há expectativa de reuniões entre a empresa juntamente com prefeitos e líderes sindicais, que incluem políticos e liderança sindical do Grande ABC, a reunião ocorrerá em São José dos Campos. 
O prefeito de São Caetano do Sul, José Auricchio Júnior, umas das cidades mais impactadas com a eventual saída das operações do Brasil, publicou em suas redes sociais um vídeo propondo um grande esforço coletivo, que envolva o poder público em todas suas esferas, municipais, estaduais e da União, bem como dos trabalhadores e iniciativa privada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts