Seguidores

Com juros altos, poupança perde atração, e fundos se destacam

A alta da taxa básica de juros da economia (Selic), que foi para 12,75% ao ano, beneficia os investimentos em renda fixa, como fundos DI, CDBs, LCIs e LCAs.
Quem tem dinheiro para aplicar vai ganhar mais juros investindo nessas modalidades que pagam uma porcentagem do CDI, taxa fixada diariamente pelos bancos e que acompanha a evolução da Selic.

Poupança perde competitividade

Com o aumento dos juros, a poupança perde competitividade diante dos fundos de renda fixa, até mesmo daqueles que têm altas taxas de administração, acima de 1%.
Além disso, a inflação também corrói os rendimentos da aplicação.
O economista Miguel Ribeiro de Oliveira, da Anefac, aconselha o investimento em poupança apenas para quantias pequenas de dinheiro. "Até R$ 5.000", diz.
Raphael Juan, gestor da BBT Asset, desaconselha o investimento para qualquer quantia.
Para o planejador financeiro pessoal Rogério Nakata, da empresa Economia Comportamental, há muitas opções melhores do que a poupança.

Títulos do Tesouro x fundos

Nakata sugere investir em títulos do Tesouro Direto atrelados à taxa Selic. "Prefiro o Tesouro Direto ao investimento em fundos, pois o investidor não precisa pagar taxa de administração e consegue fazer o investimento sem intermediários", diz.
Mas, se o investidor preferir investir por meio de fundos, Nakata sugere procurar opções que cobrem taxas de administração inferiores a 1%.

LCAs, LCIs, títulos pré e pós-fixados

Para Nakata, as LCAs e LCIs devem continuar atraindo os investidores, principalmente pela isenção de Imposto de Renda.
"Papéis que paguem acima de 90% do CDI em seis meses já são uma boa opção", diz. "Esse valor equivale a um CDB que paga 112,5% do CDI no mesmo período." 
Raphael Juan, porém, aconselha cautela com o investimento. "O governo já sinalizou que pretende tirar a isenção do IR das LCAs e LCIs", diz.
Para ele, a melhor aplicação nesse momento são títulos prefixados ou até mesmo os pós-fixados. Ele afirma que o investimento deve ser feito em títulos de curto prazo, no máximo até 2018.

NTN-Bs (títulos indexados à inflação)

Quem quer investir em títulos do Tesouro indexados à inflação deve escolher com cuidado o prazo do investimento.
"São uma excelente opção para quem vai ficar com eles até o vencimento, pois estão pagando próximo de 6,5% ao ano mais a variação do IPCA", diz. Juan alerta, porém, para a instabilidade das NTN-Bs.
Segundo ele, esses papéis oscilam de preço tanto quanto ações na Bolsa de Valores. "As NTN-Bs com vencimento para 2050 subiram 1,43% este mês. É uma oscilação de ação na Bolsa, pois o que sobe da mesma forma pode cair", diz.

Bolsa e dólar

Num cenário de juros elevados, a Bolsa costuma não ter um bom desempenho, já que os investidores não precisam correr tantos riscos para obter boa rentabilidade.
"Apesar de termos até ótimas opções de compras em um ambiente de retração econômica, as ações terão perda de valor e os dividendos pagos pelas empresas serão reduzidos frente a resultados ruins em seus balanços", diz Miguel Ribeiro de Oliveira.
O investimento em dólar não é aconselhado pelos especialistas, a não ser que a pessoa pretenda fazer gastos na moeda estrangeira.
"Dólar não paga dividendos, não é um ativo, é especulação. Jamais aconselharia a compra de dólar para a pessoa física, mesmo com tendência de alta da moeda", afirma Raphael Juan.

Inauguração do grupo Mateus causa transtorno no caótico trânsito da capital do minério


Com investimento total de R$ 30 milhões e já gerando mais de 400 empregos diretos, a rede bilionária do grupo Mateus abriu as portas, digo abriu o seu mais novo supermercado na capital do minério.
A loja contará com 323 vagas de estacionamento gratuito, 32 check-outs, seções como açougue, peixaria, padaria, lanchonete, hortifrúti, frios, resfriados e congelados, bazar, higiene e perfumaria, limpeza, mercearia, entre outras e um mix de aproximadamente 20 mil itens.

A loja contará com 323 vagas de estacionamento gratuito, 32 check-outs, seções como açougue, peixaria, padaria, lanchonete, hortifrúti, frios, resfriados e congelados, bazar, higiene e perfumaria, limpeza, mercearia, entre outras e um mix de aproximadamente 20 mil itens.


O transito na PA-275, durante todo o dia ficou caótico causando grandes engarrafamentos nas imediações do shopping e do supermercado.

Lista reúne os 11 países mais satisfeitos quando o assunto é sexo

 















Quando o assunto é satisfação sexual, pelo visto não são apenas fatores como intimidade e hábitos de saúde que podem influenciar a qualidade das relações sexuais. Ao que tudo indica, o país onde você mora também influencia nesse sentido. O The Richest divulgou uma lista dos 11 países mais sexualmente satisfeitos do mundo – fique tranquilo: o Brasil está entre eles. Confira a seguir:
 
11 – Alemanha
 
Se você está no grupo de pessoas que considera os alemães frios e austeros, talvez esteja na hora de rever seus conceitos, afinal estamos falando de uma população de pessoas que estão entre as mais satisfeitas do mundo, no quesito sexual. Estudos apontaram que 30% dos alemães já fizeram sexo em público e 32% praticam sexo casual.
 
10 – Brasil
 
Não que a presença dos brasileiros nessa lista precise ser justificada, mas a verdade é que nosso país nos favorece, e muito, no sentido sexual da coisa. Algumas pesquisas apontam que 82% dos brasileiros fazem sexo 145 vezes por ano, em média, o que é igual a três vezes por semana – uma ótima marca. 
 
9 – Austrália
 
Um país com belas paisagens litorâneas e naturais é sempre inspirador. Além disso, o clima na Austrália é favorável e um dos responsáveis pelo bom humor dos australianos. Ainda assim, parece que a galera de lá curte mesmo é praticar sexo em carros – 75% dos australianos afirmam que fazem sexo dentro de veículos com frequência.
 
Já no quesito satisfação, 27% das mulheres australianas – tinha que ser mais, hein – se dizem muito felizes com suas vidas sexuais e topam sexo a três para apimentar a relação.
 
8 – Suíça
 
Sexo em locais públicos parece ser comum na Suíça também, afinal 32% dos cidadãos suíços já admitiram que, de vez em quando, partem para a alegria antes mesmo de chegar em casa. De modo geral, 21% dos suíços estão satisfeitos com a vida sexual que têm. Um dos fatores que podem contribuir para isso é o fato de que os suíços recebem orientação sexual desde cedo.
 
A Suíça é também um país bastante liberal quando o assunto é sexo. Por lá, a prostituição é legalizada e tratada com naturalidade. O uso de contraceptivos também é debatido e incentivado – o resultado? Apesar de ser um dos países mais ativos sexualmente, é um dos que têm menores índices de gravidez na adolescência.
 
7 – Países baixos
 
Na Holanda, especificamente, a prostituição é tratada como turismo. A visão liberal da região com relação a sexo e drogas acabou deixando os cidadãos também mais liberais e, consequentemente, mais felizes no quesito sexual da coisa.
 
Nos Países Baixos há também muitas praias nudistas, e a mente aberta com relação ao corpo humano também é um ponto positivo e que contribui com a liberdade sexual da população local. Nas escolas, a educação sexual faz parte do cotidiano das crianças, o que evita casos de gravidez na adolescência.
 
6 – Espanha
 
Os espanhóis estão entre os mais satisfeitos do mundo quando falam de sua sexualidade. Por lá, 25% das pessoas afirmaram que estão mais do que satisfeitas com suas vidas entre quatro paredes, e pesquisas já apontaram o homem espanhol como o melhor amante do mundo. Românticos, os espanhóis demonstram mais satisfação sexual quando estão comprometidos e não quando praticam sexo casual.
 
5 – Grécia
 
Na Grécia o sexo não é visto como tabu há muito tempo – muito pelo contrário: por lá, assuntos relacionados ao tema são tratados com naturalidade. Essa abertura comunicativa é obviamente favorável e contribui para que os gregos tenham mais satisfação, afinal quanto mais se discute o tema sem preconceitos e limitações, mais fácil é ter uma vida sexual feliz. Só para você ter ideia, 51% dos gregos se consideram felizes quando o assunto é o rala e rola.
 
4 – Índia
 
Donos de uma cultura rica e cheia de peculiaridades, os indianos parecem tirar o máximo proveito do clima quente, das comidas picantes e das inúmeras pessoas que povoam o país. Ainda que estejam entre os que perdem a virgindade mais tarde, pelo jeito, quando o fazem, recuperam o tempo perdido e dizem com orgulho que estão felizes com a vida sexual.
 
Aliás, o sexo tântrico e Kama Sutra têm origem indiana, então já podemos supor que no quesito criatividade essa galera está de parabéns. Só para você ter ideia, 61% dos indianos acreditam ter uma vida sexual perfeita.
 
3 – México
 
Com um clima quente, muita praia, margaritas e afins, o México ocupa o terceiro lugar dessa lista com maestria. Os mexicanos já são considerados sensuais por natureza, e essa sensualidade é uma das responsáveis por trazer milhares de turistas ao país frequentemente. Ao todo, 63% dos mexicanos se dizem mais do que satisfeito com a vida entre quatro paredes.
 
2 – Itália
 
Você provavelmente já ouviu por aí a máxima de que os italianos são as pessoas mais românticas do planeta, tanto é assim que o país é um dos mais escolhidos por casais apaixonados que estão em lua de mel. Não é de surpreender, portanto, que os italianos estejam entre os mais satisfeitos do mundo, quando o assunto é sexo. Por lá, 64% da população se diz feliz com sua vida sexual.
 
1 – Nigéria
 
O país mais satisfeito com sua vida sexual em todo o planeta é a Nigéria, surpreendentemente conhecido por ser conservador demais com relação a sexo e homossexualidade. Talvez isso só prove, na prática, que tudo o que é mais proibido é também mais gostoso. Ou não.
 
O fato é que 67% dos nigerianos estão bastante satisfeitos quando o assunto é sexo. Outra curiosidade: as mulheres nigerianas são consideradas as mais infiéis do mundo – por lá, 62% delas confessaram que já traíram seus maridos.

José Rico deixa 'castelo' inacabado com mais de 100 quartos em Limeira

Castelo de José Rico em Limeira (Foto: Reprodução/TV Globo) 















O cantor José Rico, de 68 anos, da dupla sertaneja com Milionário, morreu na terça-feira (3) e deixou um "castelo" inacabado com mais de 100 quartos, em construção há 24 anos. A obra fica às margens da Rodovia Anhanguera (SP- 330), em Limeira (SP), no interior de São Paulo. No local, o músico pretendia montar um estúdio, mas a intenção também era fazer do lugar um recanto para a família.

"Ali é meu mundo. Estou construindo para mim e para os meus", disse José Rico em entrevista ao cantor Michel Teló para o Fantástico, em outubro de 2014. O parceiro de Milionário desmentiu, na época, que a mansão foi feita porque uma cigana disse que ele jamais poderia parar de construir sua própria casa: "São lendas", afirmou ele durante a entrevista ao cantor Michel Teló (clique aqui e assista).

José Rico também compôs uma canção chamada “Castelo”. A letra diz: “Construí um castelo bonito para dar de presente a pessoa amada”. Os versos da música ainda falam que o amor é tudo o que se tem na vida. "Para viver sem ela (a pessoa amada), tudo isso é nada."

Secretário de Pacajá é preso por envolvimento em fraude

 













O madeireiro e secretário de desenvolvimento econômico do município de Pacajá e uma servidora da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) do Pará foram presos pela Polícia Civil na terça-feira (3), na região da rodovia Transamazônica.
 
A dupla é suspeita de envolvimento em uma fraude que teria desviado mais de R$ 80 milhões em créditos florestais da Semas.
 
Segundo a Polícia Civil, o secretário de Pacajá conseguiu os créditos com ajuda servidora, acusada de adulterar o sistema na Secretaria, em Belém. 



Fonte - horadedecidir
 

Renan e Eduardo Cunha estarão na lista da PGR

BBic793
Os presidentes da Câmara dos deputados, Eduardo Cunha, do Senado, Renan Calheiros, ambos do PMDB foram informados que estarão na lista que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, vai enviar ao Supremo Tribunal Federal (STF). A informação foi confirmada por assessores do Planalto.

Rodrigo Janot deve enviar ainda hoje ao STF os pedidos de abertura de inquérito relacionados às autoridades supostamente beneficiárias dos desvios da Petrobras. Ele também deve pedir para o relator dos casos, ministro Teori Zavascki, derrubar o sigilo das investigações, tornando público todo o conteúdo dos inquéritos.

Desde a semana passada o presidente do Senado começou a dar sinais de irritações com o governo. Ontem, por exemplo, Renan não participou do jantar oferecido pela presidente Dilma Rousseff a cúpula do PMDB.

Teori Zavascki pretende divulgar os nomes dos investigados de uma vez só. Todos juntos. E não um a um, em conta-gotas, conforme for se inteirando de cada acusação. Teori entende que, ao divulgar um de cada vez, esse parlamentar estará mais exposto que quaisquer outros. Ou seja, o primeiro, ou os primeiros nomes a serem divulgados correm o risco de ter um juízo na imprensa e na sociedade de maior peso que os outros, independentemente da dimensão de seu envolvimento.

Dilma admite em jantar com PMDB que dificuldades devem continuar no 1º semestre

Dilma

Em jantar realizado com integrantes da cúpula do PMDB na noite de segunda (02), a presidente Dilma Rousseff considerou que as dificuldades enfrentadas pelo governo na área político-econômica devem permanecer até o final deste primeiro semestre.

No encontro, realizado no Palácio do Alvorada, residência oficial da presidente em Brasília, Dilma dividiu o discurso em alguns temas, entre eles os desafios de “resistir” e “enfrentar” a atual crise.

“Ela considerou que vamos ter nestes primeiros dois trimestres momentos difíceis na economia e na política, mas ressaltou que iremos sair disso com a participação do PMDB”, afirmou ao Broadcast Político, o ministro de Portos, Edinho Araújo, que esteve presente na reunião.

“Ela disse que este primeiro semestre será difícil, mas que vamos colher frutos de crescimento com as ações que estão sendo implementadas”, ressaltou o ministro da Pesca, Helder Barbalho, ao se referir às Medidas Provisórias de ajuste fiscal.

As propostas foram encaminhadas pelo Executivo no final do ano passado e devem começar a ser discutidas após a instalação das comissões mistas no Congresso. O texto original das MPs altera benefícios na área trabalhista e previdenciária e encontra resistência até do próprio PT, que apresentou dezenas de emendas.

Nos cálculos do governo, a aprovação dos ajustes pode gerar uma economia de R$ 18 bilhões aos cofres da União. Na última sexta-feira, o governo encaminhou uma outra MP que reduz o benefício fiscal da desoneração da folha de pagamento. “Ela considerou que as medidas mais importantes já foram tomadas”, ressaltou Helder Barbalho.

Segundo peemedebistas ouvidos pela reportagem, no encontro também ficou o sentimento de que o governo demonstra uma disposição para inaugurar uma nova fase na relação com o partido que também passe a ser programática. Novas reuniões deverão ocorrer semanalmente entre representantes do governo e integrantes da base aliada.

“Foi uma reunião muito boa. Ficou claro que o PMDB vai participar mais e haverá uma intensificação do diálogo”, avaliou o ministro Edinho Araújo.

A ausência do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciada poucas horas antes do jantar, pegou parte da cúpula do partido de surpresa e foi considerada “fora do script”, uma vez que o senador era uma das principais lideranças que reivindicava uma aproximação com o Palácio.

A alegação do senador foi a de separar a discussão partidária da agenda de presidente de um dos Poderes. “O Presidente do Congresso Nacional deve colocar a instituição acima da condição partidária”, afirmou em nota o peemedebista. Apesar deste entendimento do senador, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), compareceu ao encontro.


Morre o cantor sertanejo José Rico, da dupla com Milionário

Morre o cantor sertanejo José Rico, que fazia dupla com Milionário (Érico Andrade/G1)
Morreu nesta terça-feira (3) o cantor sertanejo José Rico, da dupla com Milionário, informou a assessora de imprensa Amália Barros, que é sobrinha de Milionário, em seu perfil no Instagram.
"O maior de todos se foi... O mito, a melhor voz desse país! Meu coração está despedaçado... Muito muito triste. Obrigada por tudo, Zé Rico! Me sinto privilegiada de ter convivido um pouco com você!", escreveu a assessora.
"José Rico Alves dos Santos foi internado hoje de manhã em Americana (SP) com complicações no coração, rins e joelho e não resistiu", diz a página da dupla no Facebook.

Votação das Comissões Permanentes da Câmara Municipal será realizada hoje

Durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Parauapebas, que será realizada hoje (3), a partir das 16 horas, haverá votação para composição das comissões permanentes.
As comissões permanentes tem como função o estudo e a análise dos assuntos submetidos ao seu exame, como por exemplo os projetos de lei, e posteriormente manifestar sobre eles a sua opinião em forma de pareceres. Também tem como objetivo preparar, por iniciativa própria ou indicação do plenário, proposições atinentes à sua especialidade.
A Câmara de Parauapebas possui seis comissões, cada uma composta por três membros, eleitos para um período de dois anos. São elas:
→ Justiça e redação;
→ Finanças e orçamento;
→ Terras, Obras, Serviços Públicos, Minas e Energia;
→ Educação, Cultura, Saúde, Assistência Social e Defesa do Meio Ambiente;
→ Direitos Humanos;
→ Segurança pública e defesa social.
Estão previstos para a sessão de hoje também a apreciação de um requerimento e de cinco indicações solicitando melhorias para a cidade.
Nayara Cristina/Ascom-CMP
Foto - Anderson Souza

Entrevista com Maquivalda Aguiar, secretária de Habitação



Uma entrevista muito produtiva que durou 1h e 48 minutos com a secretária de habitação, Maquivalda Aguiar Barros, através do What’s conferência Grupos Amigos do Prefeito Valmir. 

Como foram muitas perguntas, selecionei algumas que servirão para os queridos leitores do blog ter uma noção da entrevista.  

Como é gerido o Fundo Habitacional. E qual critério para aquisição de lotes. Por exemplo, os adquiridos próximo ao cemitério?
Maquivalda – o Fundo de Habitação é gerido conforme legislação pertinentes a exemplo PPA e LOA e proposta das conferencias de habitação.
Em relação as escolhas dos locais para construção de habitação social, a gestão optou por escolher nas proximidades dos demais projetos de habitação em função da otimização dos equipamentos públicos necessários a população a exemplo de construção de escolas, UBS e CRAS! Como temos os lotes urbanizados ao lado! E pesquisa de mercado.

Porque se deixa muito tempo o povo em áreas ocupadas se formarem bairros e depois essas famílias são retiradas e muitas das vezes não tem para onde morar. Cito parte dos moradores de uma parte do Novo Horizonte que já foram informados da decisão judicial?
Maquivalda – concordo que um dos grandes desafios do governo é a contenção dessas ocupações irregulares, pois fica muito mais oneroso do ponto de vista econômico. O caso do Novo Horizonte trata-se de uma área particular. 

Gostaria de saber como vocês estão fazendo para evitar fraudes nas escolhas dos contemplados? Porque certa vez fiquei sabendo que tinha um rapaz prometendo lote em troca de R$ 2.000,00?
Maquivalda – o setor de cadastro faz o cadastramento dos interessados, encaminha o nome para averiguação, se essa pessoa tem imóvel, fazemos visita aos candidatos, inserimos no cadastro e publicamos a lista dos possíveis contemplados. Estamos a disposição para averiguar qualquer denúncia nesse sentido.

Muitos têm comentado sobre a questão cultural, que pode transformar o que está se tornando uma área de risco e feia, em segura e muro bem urbanizado, morro do chapéu, há previsão de orientação para que os futuros moradores não transformem os prédios, como se fossem presídios, com roupas, lenços e outros objetos pendurados nas janelas? E sobre segurança haverá redes protetoras nas janelas para evitar acidentes com crianças?
Maquivalda – temos uma equipe chamada de trabalho técnico social que está previsto várias ações no sentindo de cuidados patrimoniais, relação de boa convivência etc. começaremos ainda este mês com os futuros moradores do morro. Já estamos fazendo com os moradores dos Minérios e Vila Nova.   

De quem é a responsabilidade pela resolução do problema dos moradores do Linhão?
Maquivalda – a situação de prover os cidadãos com moradia é do município, porém manter a área de servidão do linhão e da empresa responsável pela transmissão. A prefeitura não se nega a atendê-los, porém temos outras demandas à frente. 

Secretaria, quantas habitações foram efetivamente entregues por este governo? Quantas destas foram iniciadas no governo anterior e quantas neste? Qual a demanda em Parauapebas e quantas famílias no total estão cadastradas e aptas a entrar nos programas e quantas ainda precisam se adequar?
Maquivalda – estamos com estes programas em andamento e a previsão de entrega dos projetos,
Vila Nova – 650 casas, entrega em maio,
Nova Carajás IV – 1 194 casas, sem previsão de entrega,
Residencial Alto Bonito, primeira fase 1 008 apartamentos, previsão de entrega nesse primeiro semestre.
Vale do Sol, 500 casas, previsão de entrega em maio
Temos cadastradas umas 20 mil famílias, pré-selecionadas e com processo em andamento umas 6 mil.

Sobre os kits para construção, quem e quando serão os beneficiados?
Maquivalda – ainda não temos previsão de kit de materiais, com certeza serão para as famílias que já receberam lotes, será dado publicidade para os interessados fazer as inscrições e haverá prioridade de renda.

Considerações finais?
Acredito que a responsabilidade pela política de habitação é de toda a sociedade, juntos faremos uma sociedade mais feliz. A casa própria e um sonho que todos merecem realizar. O governo do Vlamir Mariano tem dado sua contribuição e se esforçara ainda mais para melhorar a situação habitacional do município. E do mais quero salientar que estou feliz em participar desse governo. Todas as vezes que a habitação pediu ajuda ao prefeito tomos atendidos com muita atenção.
  

Seduc irá aplicar sistema de avaliação unificado na rede estadual de ensino


A partir do dia 9 de março, alunos do Ensino Médio serão submetidos a um processo de avaliação unificado bimestral que diagnosticará todo o sistema e servirá como indicador do desempenho de alunos e, indiretamente, de professores. O novo sistema também avaliará a aplicação do conteúdo programático durante o ano letivo e também servirá para o controle da aplicação de carga horária de professores na rede estadual.

O secretário de Estado de Educação, HelenIlson Pontes, falou sobre o sistema durante a reunião com os gestores municipais da Educação da região nordeste do Pará, que ocorreu no sábado (28), no município de Salinópolis.

Em cerca de 60 dias da nova gestão, Helenilson Pontes já dialogou com gestores da Educação de 133 municípios das regiões sul, sudeste, nordeste, oeste e arquipélago do Marajó, na série de reuniões denominada “Seduc nos Municípios”. Helenilson explicou que a avaliação unificada será aplicada bimestralmente durante o decorrer do ano letivo para fornecer um quadro geral da situação da educação ainda no meio do ano.

O resultado será complementado com os indicadores fornecidos pelo Sistema Paraense de Avaliação Educacional (Sispae), que é aplicado no final do ano, fornecendo um “diagnóstico para servir de base para o planejamento pedagógico e oferecer informações para a construção de projetos que fortaleçam e valorizem o trabalho realizado pelas escolas públicas do Estado Pará”, explicou.

Para Helenilson, não tem como identificar os grandes problemas da Educação no Estado e estabelecer políticas públicas sem uma avaliação imediata da situação dos alunos. “Desta forma iremos identificar as deficiências e também os pontos fortes tanto de alunos como de professores, para podermos encontrar soluções e valorizar os nossos bons resultados”, comentou.

Helenilson também destacou na reunião as ações que estão sendo planejadas pela nova gestão para fortalecer a educação a partir das dificuldades encontradas pelos processos de avaliação.

Entre estas ações está a unificação do conteúdo programático do Ensino Médio, que permitirá a aplicação de todo o conteúdo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em toda a rede estadual de ensino, para melhorar os resultados dos alunos das escolas públicas estaduais. Esta ação será reforçada pela distribuição do “Guia do Estudante” a todo aluno do Ensino Médio, para o controle da aplicação do conteúdo do Enem.
Helenilson também destacou a aplicação de aulas de reforço para os alunos durante o ano letivo. Esta ação é um resultado da parceria com a Universidade do Estado do Pará (Uepa), que oferecera aos alunos de licenciatura da instituição um estágio obrigatório nas escolas estaduais, visando o reforço na preparação do aluno para a realização da prova do Enem.

Helenilson também destacou que está sendo desenvolvido um sistema de estágio para alunos das escolas estaduais nos ógãos do Governo do Estado. “Esta é um diretiva dada pelo governador Simão Jatene, que irá permitir que todos os órgãos do governo sejam um laboratório para a aplicação de conhecimentos e desenvolvimento de habilidades para os alunos da rede pública”, ressaltou.

Para o professor da rede estadual de ensino, que também será avaliado de acordo com os resultados dos alunos, será reforçada a atuação do Centro de Formação de Profissionais da Educação do Pará (Cefor) visando o aperfeiçoamento dos professores da rede através de cursos gratuitos em nível de atualização, contribuindo assim para a formação dos professores do Ensino Médio.

Segundo o prefeito do município de Santa Luzia do Pará, Adamor Aires, a oportunidade de expor os problemas que os gestores municipais encontram em seus municípios e a busca de soluções conjuntas para estes problemas já é um avanço na forma de gerir a educação nos 144 municípios paraenses.

“O governador Simão Jatene vem transformando a relação entre governo do Estado e municípios. Os resultados deste diálogo serão sentidos na melhoria dos índices dos nossos alunos e na forma como os secretários e prefeitos administram a educação em seus municípios. Ganham todos os gestores e todos os alunos tanto da rede estadual quanto da rede municipais em todo o Estado”, declarou.

O Pará tem aumento extraordinário na conta de energia

energia elétrica
Na segunda-feira (02) a energia elétrica do Pará fica 3,6% mais cara e deve atingir cerca de dois milhões de unidades consumidoras. A medida foi autorizada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), quase todo o Brasil sofrerá os reajustes que serão calculados de acordo com cada região. Com a mudança, a tarifa da energia passará de R$ 3 para R$ 5,50 por cada 100 quilowatts-hora de energia consumido.

Na região Norte, três estados serão afetados pelo aumento extraordinário da energia: Acre, Tocantins e o Pará. Hoje também começa a valer a bandeira vermelha para todo país, sistema criado pela ANEEL para indicar quando a energia custará mais ou menos em função das condições de geração de eletricidade no país.

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) aponta que, somadas as altas observadas no sistema de bandeiras neste ano, este reajuste extraordinário e o ocorrido em agosto do ano passado, o aumento médio na energia elétrica dos paraenses chega a 40% em menos de um ano, sendo que a inflação não chegou a 5%.

Lei dos Caminhoneiros será sancionada hoje

caminhão 2
A presidente Dilma Rousseff vai sancionar nesta segunda-feira (02), sem vetos, a nova Lei dos Caminhoneiros. Por meio de nota, o Palácio do Planalto informou que a decisão foi tomada diante da liberação de quase todas as rodovias federais e da redução das manifestações de caminhoneiros.
A nova lei assegura aos profissionais, isenção de pagamento de pedágio para eixo suspenso de caminhões vazios, perdão das multas por excesso de peso expedidas nos últimos dois anos e ampliação de pontos de parada para descanso e repouso. Além disso, a nota informa que o governo vai negociar com o Congresso prorrogação por 12 meses das parcelas de financiamentos de caminhões adquiridos pelos programas ProCaminhoneiro e Finame do BNDES.
Antes do anúncio da Presidência no fim da noite de ontem, Ivar Schmidt, do Comando Nacional de Transporte, um dos líderes da categoria, diz que o governo não atendeu a reivindicações do grupo de caminhoneiros que decidiu manter o bloqueio das estradas, mesmo após o primeiro acordo fechado na semana passada.
Schmidt, que afirma controlar bloqueios nas estradas federais e estaduais em sete estados do país, disse que apresentou ao governo uma pauta com sete reivindicações, sendo uma das principais a criação do preço mínimo do frete.
Apesar de o governo se mostrar irredutível em relação à redução do preço do combustível, a categoria aceitou os outros seis pontos e o acordo foi fechado. Mas não foi anunciado pelo governo, como queriam esses líderes.

Estou Lendo


Livro - 100 Maneiras de Motivar a Si Mesmo - Steve Chandler
Se você se sente desanimado, pouco confiante em si mesmo e sem tempo e energia para fazer o que deseja, está precisando é de motivação. E não há ninguém melhor do que você mesmo para fazer isso.
A fim de superar o tédio e a sensação de estagnação pessoal ou profissional, Steve Chandler reuniu 100 métodos para transformar a maneira como você age e pensa. Ele se baseou no feedback de milhares de participantes de seus seminários e também nos exemplos de personalidades que superaram grandes adversidades, como Abraham Lincoln e David Ogilvy.

Traduzido para mais de 30 idiomas, este livro vai inspirá-lo, levá-lo a questionar suas atitudes e provocar insights profundos sobre o que você realmente deseja para a sua vida. São dicas capazes de romper as barreiras do pessimismo e de tudo aquilo que o impede de cumprir suas metas.

Conheça algumas delas:

Substitua preocupação por ação • Faça sem saber • Encare o trabalho como um jogo divertido • Estabeleça pequenos objetivos diários • Argumente contra o pessimismo • Não fuja do que lhe dá medo • Crie um histórico de realizações • Pare para relaxar e refletir em silêncio • Continue caminhando • Faça o que pode fazer hoje • Motive a si mesmo agindo • Grandes mudanças são feitas aos poucos • Torne as coisas mais leves • Estabeleça um objetivo específico e poderoso • Dê sentido à sua vida

ÁGUAS DE MARÇO - MUITOS RAIOS E TROVOADAS NA POLÍTICA DE PARAUAPEBAS

Resultado de imagem para aguas de março
As águas de março chegaram. E vieram para lavar a nossa alma, para limpar a sujeira, para levar pra longe as nuvens negras que pairam sobre nossas cabeças. Mas também vieram para trazer muitos raios e tempestade sobre as cabeças dos nossos políticos que abusaram da boa fé e da boa vontade do povo, que se apropriaram da coisa pública como se fosse seus objetos descartáveis. 

As águas de março levarão para longe também a cumplicidade dos que tentaram tirar proveito da sujeira, a estupidez do silêncio dos que se calaram, a ignorância dos que se curvaram perante o sistema intimidador, as mentiras dos que tentaram justificar o injustificável e a arrogância dos que se acharam donos da razão.

Como meu velho avô já dizia, "a justiça tarda mas não falha". E como um turbilhão de água que estava represada numa frágil estrutura, agora se arrebenta arrastando impiedosamente e destruindo toda a estrutura de poder dos que se achavam intocáveis. 

As águas de março chegaram e serão como um bálsamo alentador para os justos e, ao mesmo tempo serão como uma tormenta destruidora para os ímpios. Portanto, aguardem. Teremos uma semana com fortes emoções na política de Parauapebas.

Fiquem atentos e observem todos os movimentos. Abram bem os olhos para testemunhar um momento histórico em nosso município.

Uma ótima semana aos justos.
Blog do Luiz Vieira

Niver da minha linda e eterna mãe dona Alice

Programa da Sandra Cavalcante é sucesso total em Xinguara


A promoção "VIOLA NA MÃO" criada pela simpaticíssima apresentadora Sandra Cavalcante, mulher de uma voz marcante que canta e encanta a população xinguarense chegou ao fim com a grande vencedora Graça das Mercedes Confecções (blusa azul).

A apresentadora Sandra Cavalcante tem um programa chamado sucesso total da Rádio União FM na capital do boi gordo, Xinguara, onde desfruta de uma audiência como dizia o eterno presidente Lula "nunca antes visto".

Como seu programa é um estouro de audiência e de um trabalho eficaz e eficiente da Sandra, a mesma resolveu criar promoção "VIOLA NA MÃO" onde ouvinte recebia uma ligação e se respondesse a pergunta feita pela apresentadora Sandra era selecionao para concorrer ao violão autografado pelo Gustavo Lima e Milton Nunes.

A capital do minério informa seja bem-vindo, mas não estamos contratando

Você me olha, desesperado, me dói o peito
Meu quarto pobre, seu trapo sujo, do mesmo jeito
Eu me sufoco, eu adormeço, Deus nos espia
Procuro emprego, esse é o enredo da nossa vida (Fragmentos da música Desemprego de Benito Di  Paula)


A
Conversando com pessoas que passam o dia sentado nos três bancos do canteiro que fica entre as ruas D, E e a PA - 275, próximo da Semas e do Sine dois locais onde as pessoas que estão desempregadas gostam de passar o dia em busca de um emprego.

Após, conversar com os que ali estavam e fiz a seguinte pergunta:

Como estão as chances de se conseguir um emprego?

Desempregados - muito difícil, onde vamos lemos um informativo ou um cartaz com os seguintes dizeres - não há vagas e não estamos contratando.
  
A crise que assola a capital do minério, a cidade campeã em exportação e a cidade mais rica do Pará não vem gerando empregos como deveria, também pudera a cidade depende exclusivamente do minério de ferro, pois ao longo desses 26 anos nenhum prefeito teve interesse em sair da ZONA DE CONFORTO e, criar novas matrizes econômicas para sair dessa dependência quer queira ou não tem seus dias contados.

Pesquisa põe Brasil em topo de ranking de violência contra professores

Estudo também revelou que também revelou que apenas um em cada dez professores no Brasil acreditam que a profissão é valorizada pela sociedade (Foto: BBC)
Uma pesquisa global feita com mais de 100 mil professores e diretores de escola do segundo ciclo do ensino fundamental e do ensino médio (alunos de 11 a 16 anos) põe Brasil no topo de um ranking de violência em escolas.
Na enquete da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), 12,5% dos professores ouvidos no Brasil disseram ser vítimas de agressões verbais ou de intimidação de alunos pelo menos uma vez por semana.
Trata-se do índice mais alto entre os 34 países pesquisados - a média entre eles é de 3,4%. Depois do Brasil, vem a Estônia, com 11%, e a Austrália com 9,7%.
Na Coreia do Sul, na Malásia e na Romênia, o índice é zero.

Lula critica coordenação política de Dilma para cúpula do PMDB


Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa de café da manhã com senadores
Em duas horas de conversa com caciques do PMDB na residência do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o que chamou a atenção foi o tom crítico do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a coordenação política do governo Dilma Rousseff. O ex-presidente disse aos peemedebistas que foi um erro a estratégia do Palácio do Planalto de isolar o PMDB nesse segundo mandato.

Lula também defendeu que um peemedebista passe a integrar esse grupo de articulação política, atualmente conhecido como G-6, uma referência aos seis ministros petistas que integram o núcleo duro do governo. O PMDB recomendou ao ex-presidente o nome do vice-presidente Michel Temer para representar o partido nesse núcleo duro.

O padrinho político de Dilma ouviu muitas queixas de caciques peemedebistas. Renan Calheiros disse que o PMDB foi excluído de todo o processo consultivo e decisório. O presidente do Senado voltou a defender que o governo reduza cargos e ministérios no esforço de ajuste fiscal para mostrar o exemplo.

Os peemedebistas presentes avaliam que a coordenação política ficou tão crítica que foi preciso o ex-presidente Lula retomar as conversas, que ficaram interditadas pela ação do Palácio do Planalto.

“Dilma precisa ouvir mais o Lula. Ela decidiu ouvir os conselhos para isolar o PMDB. É preciso saber se isso terá consequência na forma de relacionamento do governo com o partido”, ressaltou um senador que esteve na conversa com Lula.

Metade dos professores não tem didática para o que ensina, diz OCDE

Presos Sala Aula Aulas Pará (Foto: Reprodução/ TV Liberal)
No Brasil, mais de 90% dos professores dos anos finais do ensino fundamental concluíram o ensino superior. No entanto, 50% afirmam que a pedagogia das disciplinas que lecionam fez parte de sua educação formal.
Isso significa que um professor de biologia, por exemplo, não aprendeu em sua formação como ensinar o conteúdo aos seus alunos.
Os dados fazem da parte da Pesquisa Internacional sobre Ensino e Aprendizagem (Teaching and Learning Internacional Survey, Talis, na sigla em inglês) feita pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), grupo de países desenvolvidos, divulgada nesta quarta-feira (25).
Cerca de 106 mil professores dos anos finais do ensino fundamental responderam à pesquisa. No Brasil, 14.291 professores e 1.057 diretores de 1.070 escolas completaram o questionário da OCDE.
A pesquisa aponta que os professores brasileiros gastam semanalmente, em média, 25 horas trabalhando, o que representa seis horas a mais que a média dos países da Talis. Eles também declaram dedicar de 10% a 22% mais tempo na maior parte das outras atividades, como correção dos trabalhos e orientação aos alunos.
Amor pela profissão
Apesar dos problemas da carreira, o levantamento mostra que mais de nove em cada vez professores estão satisfeitos com seus empregos e quase oito em dez escolheriam novamente a profissão.
"Nós precisamos atrair os melhores e mais brilhantes para se juntar à profissão. Os professores são a chave na economia do conhecimento de hoje, onde uma boa educação há um alicerce fundamental para o sucesso do todas as crianças no futuro”, disse Andreas Schleicher, diretor da OCDE durante lançamento da pesquisa em Tóquio.
A pesquisa também apontou que a maioria dos professores (68%) é formada por mulheres. A única exceção é no Japão. A idade média é 43 anos, sendo que Cingapura tem os professores mais jovens, e a Itália os mais velhos. Um total de 91% concluiu a formação universitária e 90%, o curso de licenciatura. A média do tempo lecionando é de 16 anos, geralmente em tempo integral (82%) e em contrato permanente (83%).

Professor no Brasil perde 20% da aula com bagunça na classe, diz estudo

Professor perde muito tempo colocando a classe em ordem (Foto: Reprodução/TV Gazeta)
Uma pesquisa feita pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) aponta que no Brasil o professor perde 20% do tempo de aula acalmando os alunos e colocando a classe em ordem para poder ensinar. Além disso, o estudo aponta que 60% dos professores brasileiros ouvidos têm mais de 10% de alunos-problemas em sua sala de aula, o maior índice entre os países participantes do estudo.
A pesquisa Pesquisa Internacional sobre Ensino e Aprendizagem (Teaching and Learning Internacional Survey, Talis, na sigla em inglês) ouviu professores de 33 países.
O estudo aponta que no Brasil o professor perde 20% do tempo para por a classe em ordem e acabar com a bagunça, 13% do tempo resolvendo problemas burocráticos e 67% dando conteúdo. É o país que onde o professor mais perde tempo de aula. A média dos países da OCDE é de 13% do tempo para acabar com a bagunça.
O estudo perguntou aos professores se eles têm mais ou menos de 10% de alunos problemáticos na classe. O Brasil teve 60% dos docentes apontando terem mais de 10% de estudantes problemáticos. Chile, México e Estados Unidos aparecem depois. Na outra ponta, Dinamarca, Croácia, Noruega e Japão têm menos relatos de professores sobre alunos com mau comportamento.
Os dados foram levantados em 2013 com alunos do ensino fundamental e ensino médio (alunos de 11 a 16 anos), mas um relatório sobre a questão de comportamento dos alunos foi divulgado este ano. No Brasil, 14.291 professores e 1.057 diretores de 1.070 escolas completaram o questionário da pequisa.
A pesquisa Talis coleta dados sobre o ambiente de aprendizagem e as condições de trabalho dos professores nas escolas de todo o mundo. O objetivo é fornecer informações que possam ser comparadas com outros países para que se defina políticas para o desenvolvimento da educação.

A capital do minério está em festa com o PFC na final do paraense 2015

Quantas vezes no caminho agente pensou 
Ó meu Deus como é difícil vencer, 
mesmo assim nenhum momento alguém desanimou 
Sempre procuramos dar de nós o melhor 
Todos juntos como se fosse um só 
Que bom que a nossa vez chegou !
Tudo posso naquele que me fortalece , basta só confiar.(Fragmentos da música a Vitória de Pixote). 



A música acima mostra a realidade em que passou o Parauapebas Futebol Clube ao longo dos anos tentando um acesso a elite do futebol paraense e quando chegou veio o pacote completo de cara foi logo vencendo o Remo no mangueirão e agora decidirá a final do primeiro turno.

A capital do minério está em festa com a vitória do PFC frente a equipe do Cametá por um placar de 1x0 que colocou o time na final, desde já tudo é lucro. 

Popular Posts