Seguidores

O que está em jogo para as mulheres candidatas nessas eleições na CAPITAL do DINHEIRO ?

 
As mulheres parauapebenses participarão com força total nas eleições desse ano na CAPITAL do DINHEIRO.

No cenário atual existem duas vereadoras representando a mulherada na Casa de Leis, são elas - Eliene e Joelma.

Mas, o que estará em jogo para as mulheres parauapebenses nessas eleições da CAPITAL do DINHEIRO?

Estão em jogo seus direitos – aqueles já conquistados, que sofrem ameaças constantes de retrocessos; e aqueles ainda por conquistar.

Está em jogo a possibilidade de construir uma Parauapebas que respeite sua diversidade, que respeite seus diferentes modos de vida, que garanta a possibilidade de uma vida livre de violências, livre de discriminações, livre de privações. 

Está em jogo o aprofundamento da justiça social e da igualdade.

A Câmara Municipal da CAPITAL do DINHEIRO pode ficar sem representantes femininas em 2017

 
No Brasil, a presença feminina no poder público é minúscula. Em qualquer instituição que se escolha, as mulheres são franca minoria — das prefeituras aos tribunais, das assembleias estaduais ao Congresso.

Nas eleições do ano passado, 13,3% dos vereadores eleitos foram do sexo feminino. Em Florianópolis e Palmas, nenhuma mulher se elegeu.

Os números não espelham a sociedade. As mulheres são 51% da população brasileira e 52% do eleitorado.

Pelo cenário político atual provavelmente as 2 vereadoras mulheres na Câmara Municipal de vereadores da CAPITAL do DINHEIRO não se reelegeram por diversas situações políticas, estratégicas erradas e a perda da sua base política e tudo isso afeta o retorno das duas vereadoras.

Caso as duas vereadoras não retornem a Casa de Leis não vejo ainda no momento nenhum nome feminino de peso que venha firme e forte disputar um lugar ao sol, ops, uma cadeira no Legislativo as que aparecem serão engolidas pelos partidos.

Algumas pretendentes são sem articulações, até parecem que vivem em Marte e são candidatas fabricadas.

Porém tem outras que tem bons vínculos e bons trânsitos em determinados setores como o evangélico e o católico nada mais.
        
No intuito de transformar essa realidade, a deputada Marta Suplicy, com o apoio da bancada feminina, propôs e aprovou em 1995, a Lei 9100/95,  que determinou que os partidos políticos reservassem a cota mínima de 20% para as mulheres nas chapas para o legislativo municipal do ano seguinte. Em 1997, foi aprovada a Lei 9.504/97, que então fixou em 30% o percentual de vagas ao sexo minoritário e não mais às mulheres.

Em 2009, com Lei 12.034/2009, conhecida como a minirreforma eleitoral, os partidos foram obrigados a preencher, e não só reservar, 30% nas chapas eleitorais para as candidatas.

A sorte é que a lei ampara e obriga que tenha mulher no legislativo, caso contrário elas ficariam de fora da Casa de Leis da CAPITAL do DINHEIRO.

Minuto Finanças - Governo anuncia previsão de déficit de R$ 170,5 bi este ano

Entrevista coletiva com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o ministro do Planejamento, Romero Jucá, sobre a nova meta fiscal de 2016, nesta sexta-feira (20), em Brasília (DF) - 20/05/2016
A equipe econômica do presidente interino Michel Temer apresentou uma proposta de meta fiscal com previsão de déficit de 170,5 bilhões de reais para este ano. O anúncio foi feito no início da noite de sexta-feira 20 pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.
"Essa é uma meta realista", disse o ministro. "A receita estava superestimada." A previsão é de receita de 1,077 trilhão de reais, o que representa uma queda real (descontada a inflação) de 4%. A meta anterior era incompatível com o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB), segundo o ministro.
Apesar da projeção de déficit em 2016, o Orçamento aprovado para este ano fixou uma meta de superávit primário (economia para pagamento de juros da dívida pública) de 24 bilhões de reais. Para 2017, a meta fiscal ainda não foi definida.
Em março, a equipe econômica da presidente afastada Dilma Rousseff enviou ao Congresso Nacional um projeto de lei para mudar a meta fiscal de 2016, de forma a autorizar que o governo registrasse um rombo. Ainda assim, o déficit previsto era bem menor, de 96,65 bilhões de reais.
O ministro do Planejamento, Romero Jucá, também presente no anúncio, reiterou os argumentos de Meirelles. "Esses números são um espelho da realidade", disse. Ele fez a ressalva, no entanto, de que esse é um "número teto", que pode ser reduzido com medidas de economia. "Não queremos ficar anunciando intenções. Meta fiscal não é novela para se fazer em capítulos."
Meirelles reiterou, mais de uma vez, que a nova meta proposta não contempla medidas alguma que demande aprovação do Congresso. "No entanto, o fato de não estarem contempladas aqui, não significa que não haverá foco em medidas de redução de despesas ou de aumento de receita", disse, ao ser questionado sobre uma eventual recomposição da CPMF.
Questionado sobre a meta para 2017, o ministro da Fazenda disse que não havia previsão, pois a equipe não gostaria de incorrer em erro ou discussões precipitadas. "O importante é que o governo cumpra obrigações básicas e faça um controle rigoroso. E, a partir de uma base realista, possa ter segurança que análises e números futuros sejam seguros e partam de uma base consistente", disse.
Os ministros ainda sinalizaram que novas medidas devem ser anunciadas na semana que vem. "Teremos algumas medidas sendo discutidas e anunciadas. Elas têm o condão de impactar positivamente a meta da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2017. Este alvo, portanto, será revisto no momento apropriado", considerou Jucá.
"Existem dois esforços. Um comandado pelo Jucá na aprovação na meta [de 2016] no Congresso. Mas isso não quer dizer que trabalharemos todos na mesma coisa. Estamos trabalhando intensamente em novas medidas que entrarão em vigor tão logo sejam aprovadas. Há uma divisão de esforços para ganharmos o máximo de tempo", acrescentou Meirelles.
Sobre a aprovação da Desvinculação de Receita da União (DRU) -- mecanismo que permite que parte das receitas de impostos e contribuições não seja obrigatoriamente destinada a determinado órgão, fundo ou despesa --, Jucá disse que é uma questão "ainda em discussão com o Congresso". "Estamos fazendo estudos profundos de tipos de vinculação, relacionamento e limites de despesa. No momento oportuno, apresentaremos uma proposta para dar mais qualidade aos gastos públicos."

Saúde - Os benefícios de andar de patins


patins









Para quem pensa que essa atividade é só brincadeira de criança, se engana e, inclusive, vem reconquistando mais e mais adultos. Assim como a corrida, andar de patins dá mais força aos músculos dos membros inferiores, bem como ao abdome e aos glúteos, e queima de 500 a 800 calorias na primeira horinha de diversão… Que passa beeem rápido! Tudo isso, ainda, com menos impacto que a “running”.
patins
Por exigir do patinador o equilíbrio sobre o “calçado” instável, a atividade também faz com que a pessoa mantenha o corpo permanentemente contraído, principalmente as regiões mencionadas, trabalhando a concentração, coordenação motora, resistência muscular, agilidade e até alguns reflexos, para evitar as possíveis (e normais) quedas. E justamente por forçar uma postura adequada à realização do movimento, que é a correta (barriga pra dentro e costas retinha), a patinação é recomendada a pessoas que têm desvios ou dores na coluna.
Outra vantagem da modalidade é o bem-estar psicológico. Para os apaixonados, ela é capaz de divertir, além de proporcionar o gasto de energia e trabalho muscular, pois causa sensações de liberdade e emoção. Além disso, como pode ser praticada ao ar livre e individualmente, também é muito democrática. É só colocar os patins e deslizar! Claro, com a devida técnica!

Reflexão - Vá à luta, Alejandro Bullón

va-a-luta
Os planos mediante os conselhos têm bom êxito; faze a guerra com prudência. Prov. 20:18.
Conta a velha história que um finlandês ateu deixou em seu testamento a fazenda que possuía para o diabo. Quando o homem morreu, as autoridades não sabiam como cumprir o pedido. Finalmente, depois de semanas de deliberação, a corte decidiu que a melhor maneira de atender a última vontade do fazendeiro era deixar tudo abandonado. A terra sem cultivar, a casa sem arrumar, os jardins cheios de ervas daninhas, os celeiros vazios. A corte declarou no seu veredicto: “A melhor maneira de permitir que o diabo tome posse de algo é não fazer nada.”
Assim é com a vida. Por isso, o provérbio de hoje aconselha: “Faça planos e faça a guerra. Não fique de braços cruzados.”
Outro dia, durante um seminário, perguntei: “O que significa fazer planos?” Alguém levantou a mão e respondeu: “Sonhar.” É verdade que ninguém deve subestimar o valor dos sonhos. Eles são importantes. Tem gente que nunca sai da mediocridade porque é incapaz de sonhar. Mas um sonho sem um plano não passa de um desejo. Salomão fala de planos. Um plano é a estrada que o levará à realização dos seus sonhos.
Onde você está neste momento? Na sua vida espiritual, financeira, familiar ou profissional, onde você está? Responda. Agora, pergunte-se aonde você quer chegar. Se você não sabe aonde ir, como é que chegará lá? A melhor maneira de chegar a nenhum lugar é não fazer planos.
Uma vida sem planos e sem ação é uma vida em desintegração, porque essa é a lei da própria natureza. Depois da entrada do pecado neste mundo, estamos condenados à desintegração. Já percebeu que, com o correr dos anos, a visão se apaga, a audição diminui, as células morrem e os ossos se desgastam?
Todas as coisas envelhecem. O que significa isso? Que se você não “fizer planos”, e não “entrar na guerra” para sair todo dia do presente estado de coisas, sua vida entrará em retrocesso.
Vá para a “guerra”, porque a vida é uma luta diária contra a mediocridade, a superficialidade e a vaidade. Mas vá com prudência! Ir sozinho é cair nas areias movediças do humanismo. Busque conselho nAquele que é a própria sabedoria. Aquele que nunca falha. E lembre-se: “Os planos mediante os conselhos têm bom êxito; faze a guerra com prudência.

Pelas lentes do fotógrafo Anderson Souza


Parauapebas - Pará - Brasil

Música - Eu escolho Deus, Thalles Roberto


Dica de leitura


 
























Neste livro, Saul Sastre procura ir além do óbvio. Utiliza o ferramental acadêmico da área da administração, o que não deve ser muito comum neste meio, mas avança, na medida em que também se preocupa com a qualidade dos candidatos, seus objetivos nas campanhas e nos eventuais mandatos. Desta maneira, visou produzir um instrumento teórico para auxiliar os partidos a formar seus candidatos, primeiro passo para que todos possam ter uma representação melhor nos parlamentos e executivos, o que, por sua vez, pode ser fator determinante para o aprimoramento da democracia. 

Sumário:

capítulo I - to be or not to be? Ser ou não ser candidato?; 

capítulo II - contextualização - a política e a gestão brasileira; 

capítulo III - o marketing para um vereador vitorioso 

capítulo IV - os segredos do candidato vitorioso. 


Poema - Amazônia, Mazé Carvalho

Nos teus rios quero navegar
O teu ar respirar
Tua beleza contemplar
Embalando os sonhos meus
De ver-te sempre verdejante
Parte integrante
Deste país gigante
Que luta pra manter-te inteira 
Intacta, linda, majestosa
Amazônia, pulmão do mundo
Nossa sempre serás!
Mazé Carvalho

Um olhar sobre as famosas obras de artes


A vida do povo ribeirinho da amazônia representado pelo pintor e artista Ricardo.

Prefeito Valmir Mariano lança sua pré-candidatura a prefeito de olho no Morro dos Ventos


O PSD da CAPITAL do DINHEIRO realizou na noite de ontem 20 no ginásio poliesportivo da escola Amazon o lançamento da pré-candidatura do prefeito Valmir Mariano rumo ao Morro dos Ventos.

Estiveram presentes várias autoridades entre elas - o deputado e delegado Éder Mauro grande liderança no estado do Pará.

O evento contou com muitos militantes azuis que lotaram o ginásio que diga-se de passagem estava muito bem organizado.
      

O ex-prefeito Darci Lermen firme, forte e de olho no morro dos ventos

 
Há menos de 5 meses para a eleição, a corrida eleitoral vem se intensificando na CAPITAL do DINHEIRO. O ex-prefeito Darci Lermen (PMDB), que comandou a cidade por dois mandatos seguidos, no período de 2005/2012 em suas conversas diz que é pré-candidatíssimo a prefeito na eleição desse ano.

O ex-prefeito Darci Lermen, que lidera todas as pesquisas de intenção de voto na CAPITAL do DINHEIRO e tem ampliado cada vez mais sua vantagem sobre os outros concorrentes, disse que o PMDB será muito importante na campanha, pois é um partido que tem capilaridade, grandes lideranças e tradição.

Até o momento o ex-prefeito vem tentando fazer uma ampla coalizão em torno do seu nome e a prova disso foi em um evento realizado onde todos esses partidos juntos colocaram no ginásio da Escola Amazon uma média de 4 mil pessoas que aclamavam o nome do ex-prefeito Darci Lermen.  

As chances do prefeito Valmir Mariano de se reeleger na CAPITAL do DINHEIRO

As eleições desse ano com a campanha mais curta desde a redemocratização, os atuais prefeitos vão disputar a reeleição com certeza. 

Com a redução do tempo de propaganda eleitoral de noventa para 45 dias - o que dificulta para candidatos desconhecidos ou estreantes - e a proibição das doações por empresas, os políticos com a máquina administrativa nas mãos (prefeito Valmir Mariano) ou os mais lembrados pelo eleitorado (Ex-prefeito Darci Lermen) podem levar alguma vantagem.

O prefeito Valmir Mariano que vem para a reeleição e ao seu dispor um orçamento na casa dos R$ 2 bilhões vem forte para disputar com os candidatos a prefeito da CAPITAL do DINHEIRO.

Todos são sabedores que por mais que o prefeito esteja desgastado e com rejeição alta, ele tem a poderossíssima máquina administrativa ao seu dispor.

A Máquina administrativa é vantagem na disputa que está mais curta e com menos verba, mas insatisfação do eleitorado é grande para a situação atual do prefeito

A música, Cabeça de Bagre, dos Mamonas, reflete bem a atual situação do Brasil


SE LEMBRAM DELES?
Mamonas Assassinas foi uma banda brasileira de rock cômico formada em Guarulhos em 1990, inicialmente tinha o nome de Utopia. O som era uma mistura de punk rock com influências de gêneros populares, tais como Forró(Jumento Celestino), brega (Bois Don't Cry), heavy metal (Débil Metal), pagode (Lá Vem o Alemão), música mexicana (Pelados em Santos), reggae (Onon Onon), vira (Vira-Vira) e Sertanejo (Uma Arlinda Mulher). A carreira da banda, com o nome de Mamonas Assassinas, durou de 23 junho de 1995 até 2 de março de 1996 (pouco mais de 7 meses). 
Tiveram um sucesso meteórico. Com um único álbum de estúdio, Mamonas Assassinas, lançado em junho de 1995, o grupo vendeu mais de 3 milhões de cópias no Brasil, sendo certificado com disco de diamante comprovado pela ABPD além do disco de diamante num acervo particular do grupo possui discos de ouro, platina, dupla platina com o sucesso de venda do único álbum da banda [1] . 
Com letras bem-humoradas, o álbum lançou os "Mamonas" ao estrelato nacional. Porém, em março de 1996, no auge da carreira, a banda foi vítima de um acidente aéreo fatal sobre a Serra da Cantareira, o que ocasionou a morte de todos os seus integrantes. Em 2015, para comemorar os 20 anos do surgimento do grupo, uma gravadora independente Lançou um álbum inédito, chamado de "Mamonas: 20 Anos de Fenômeno", retirado de um show do grupo, diferente do lançado em 2006
LETRA
Loucura, insensatez, estado inevitável
Embalagem de iogurte inviolável
Fome, miséria, incompreensão,
O Brasil é Treta Campeão

Quando eu repeti a 5ª série E,
Tirava E, D, de vez em quando um C
Mais de dez minutos se passaram-se
Cê, cê, cê, cererê cê cê

A polícia é a justiça de um mundo cão
Mês de agosto sempre tem vacinação
Na política o futuro de um país
Cala a boca e tira o dedo do nariz

Quando eu repeti a 5ª série E,
Tirava E, D, de vez em quando um C
Mais de dez mil anos se passaram-se
Cê, cê, cê, cererê cê cê

Quando eu repeti a 5ª série E,
Mais de dez mil anos se passaram-se

Mamonananas, mamonananas, mamonananas,
Mamonananas, mamonananas, mamonananas
Assassinananas

Quando eu repeti a 5ª série E,
Tirava E, D, de vez em quando um C
Mais de dez mil anos se passaram-se
Cê, cê, cê, cererê cê cê.

Novatos se articulam para serem ‘a cara da renovação’ nas eleições 2016 na CAPITAL do DINHEIRO


As eleições municipais deste ano prometem, e tendem a ser uma chance única para que surpresas consigam júbilo, na disputa por cadeiras legislativas na Câmara Municipal. Com a população indignada, por conta dos escândalos que a política viveu em 2015, abre-se um espaço maior para principiantes, ou candidatos que já concorreram em outros pleitos, mas ficaram longe do sucesso. Como trunfo, os que anseiam chegar ao poder apostam uma arma para seduzir o eleitor, que é a de se responsabilizar por uma causa. 

Na eleição desse ano na CAPITAL do DINHEIRO teremos uns 10 nomes bons que terão uma votação muito boa e entre esses 10 creio que todos serão eleitos, pois são pessoas preparadas para desempenhar a função de vereador.

São pessoas que tem ao longo dos anos desempenhando dentro das suas funções um belíssimo trabalhando e reconhecidos naquilo que fazem.

Para evitar alguns problemas não irei citar os nomes, mas vejam algumas das ideias dos futuros vereadores da CAPITAL do DINHEIRO.

"O povo quer vereadores que fiscalizem o Poder Executivo com altivez e isonomia, não buscando troca de favores ou o favorecimento pessoal.”, diz um pré-candidato do Partido Verde. 

“Quero ampliar o meu poder de ação e dar mais influência para o meu trabalho pela segurança da população. Pagamos impostos e merecemos uma cidade melhor para as nossas famílias. Acredito em uma transformação construída com a sociedade e pretendo atuar pelo fim do isolamento da política ”, cita o aspirante do PROS.

“Mobilizar a população, debater temas devem ser coisas que despertem soluções e profundidade. Sou contra o fazer por fazer, como muitas audiências públicas acontecem para se discutir o pelo do ovo. Trabalhar pelo bem coletivo é algo sério”, diz um pré-candidato do PSDC. 
       

Frase do dia

“Quando você está no auge, você tem 500 amigos. Quando você cai um pouquinho, as pessoas parecem que se escondem. Isso dói”.

Resultado de imagem para Dede santanaDedé Santana

Eleição 2016: disputa na CAPITAL do DINHEIRO promete ser das mais acirradas

A eleição de 2016 para prefeito da CAPITAL do DINHEIRO promete ser uma das mais quentes dos últimos 16 anos. 
O número de pretendentes pode chegar a oito ou passar disso. Hoje se tem: Marcelo Catalão, Falcão, Hipólito HD, Hipólito Reis, Adelson Fernandes, Chico Cortinas, Darci Lermen e o atual prefeito Valmir Mariano como os nomes mais fortes para a disputa.
Num dos quatro cantos do ringue certamente estará o prefeito Valmir Mariano, que deve disputar a reeleição; noutro o ex-prefeito Darci Lermen desempregado politicamente, deve entrar na refrega; noutro canto um nome que surgirá das entranhas do grupo liderado pelo ex-vereador Jucá.
Tradicionalmente a refrega política na CAPITAL do DINHEIRO sempre se potencializou em torno de dois nomes. Em ocasiões em que um terceiro postulante decidiu entrar na peleja ele foi praticamente alijado do processo pelo eleitor, como foi o caso do ex-prefeito Chico das Cortinas. É como se o povo preferisse assistir e participar só da briga entre caciques grandes.
Uma composição, no entanto, entre os prováveis candidatos não pode ser deixada de lado. Aliado de ocasião do prefeito Valmir Mariano, pode ser a ex-prefeita Bel Mesquita e o ex-vereador Faisal Salmen continue nessa condição em 2016. E pode ser também que não. Vai depender, lógico, do que lhe será oferecido no presente e no futuro pelo governo municipal. 
Do lado do grupo do Darci é quase certa a entrada da atual vice-prefeita Ângela Pereira para lhe apoiar. Difícil mesmo, quase impossível, é uma composição entre o Darci Lermen e o Marcelo Catalão.
Senhores, façam suas apostas que a guerra vai começar!

Minuto Finanças - Você possui uma reserva financeira?


"Colchão" financeiro deve ser o primeiro investimento de qualquer pessoa, recomendam especialistas. 

Surpresas acontecem. Uma cirurgia que o plano de saúde não cobre, os honorários daquele advogado, um vazamento em casa ou a perda do emprego caso habitual aqui na CAPITAL do DINHEIRO. Pouca gente se prepara para imprevistos que exigem o desembolso de uma grande quantia de dinheiro, e nem todo seguro cobre certas emergências se é que tem seguro. É aí que surgem as dívidas impagáveis. Formar um “colchão" financeiro para eventualidades deve ser uma atitude prioritária.
“A reserva de emergência deveria ser, por excelência, o primeiro investimento de qualquer pessoa”, não adianta pensar na aposentadoria ou investir sem antes guardar uma reserva para as necessidades imediatas – senão, o patrimônio formado para outros fins pode ser ameaçado. “É como se fosse um auto seguro”.

Saúde - 4 motivos para você comer batata-doce

batata-doce
Você já pensou em emagrecer comendo batata-doce? Não acredita que isso é possível? Continue lendo esse artigo e descubra todos os benefícios que esse alimento traz.
Você come batata-doce com moderação porque acha que vai engordar? Se esse é o seu caso, é melhor repensar e incluir de vez esse tubérculo no seu cardápio – principalmente se você pratica exercício físico. Pouca gente sabe, mas a batata-doce é considerada o carboidrato ideal para atletas. Quer bons motivos para consumir esse alimento? Ele ajuda a controlar o colesterol e o diabetes, estimula o intestino e ajuda a emagrecer mesmo sendo mais calórica do que a batata-inglesa.
Se você ainda não se convenceu, confira mais 4 motivos para você comer batata-doce:

1. É mais nutritiva do que outros tubérculosPodemos dizer que a batata-doce é a campeã quando se fala de nutriente. Olha só: ela tem o dobro de fibras, cinco vezes mais cálcio e mais potássio que a batata-inglesa. E, quando comparamos com a mandioca, a batata-doce sai na frente em cálcio, fibras, potássio, proteína e fósforo.

2 - Fornece energia de maneira equilibrada

Quem ajuda a batata-doce a ter tantas propriedades é o amido resistente. Esse carboidrato atua como uma fibra insolúvel, resistindo às enzimas do intestino delgado e atraindo moléculas de açúcar e gordura, fazendo com que sejam absorvidas mais lentamente. Isso significa que a batata-doce tem um índice glicêmico baixo, inferior ao da batata-inglesa.
Para quem não sabe, esse é o índice que mede a velocidade de entrada de glicose na circulação sanguínea depois do consumo de carboidratos. Quanto mais alto o IG, maiores as taxas de açúcar disparadas no sangue. Assim, o pâncreas é obrigado a trabalhar mais, produzindo mais insulina, o que pode levar o organismo a estocar gordura.

3. 

Ajuda a proteger o coração e o intestino
Você sabia que a batata-doce é um ótimo auxílio na prevenção de doenças cardiovasculares? Isso porque o amido resistente derruba o LDL – a fração nociva do colesterol – e o triglicérides. Quando passa pelo intestino grosso, esse amido é fermentado pelas bactérias probióticas, que são as bactérias “do bem”. Assim, ajuda na prevenção de hemorroidas, prisão de ventre, doenças inflamatórias intestinais e até mesmo câncer do cólon.

 

4. É um alimento versátil

Apesar do nome, a batata-doce não precisa ser consumida apenas nos tradicionais doces. Você pode experimentá-la assada ou cozida em pratos salgados. Além disso, é uma ótima substituta para a batata-inglesa em sopas, purês, bacalhoadas e até mesmo saladas.
A dica é prepara-la sempre com casca, para preservar os nutrientes. E lembre-se: para aproveitar melhor todos esses benefícios, você precisa comer batata-doce regularmente, até mesmo mais de uma vez por semana – mas nada de exagerar! Os atletas podem consumir antes do treino diário, assim, a energia irá durar por mais tempo.

Reflexão - A verdadeira felicidade é abraçar o que o mundo repudia e repudiar o que o mundo aplaude, reverendo Hernandes Dias

Resultado de imagem para hernandes dias lopes
Jesus diz que feliz é o pobre, o que chora, o manso, o puro, o perseguido.
Jesus diz que bem-aventurado é o pobre de espírito e não a pessoa auto-suficiente, arrogante, soberba.
Jesus diz que bem-aventurado é o que chora e não aquele que é durão, insensível.
Jesus diz que bem-aventurado é o manso, o que abre mão dos seus direitos e não o valente, o brigão.
Jesus diz que bem-aventurado é o pacificador, aquele que não apenas evita contendas, mas busca apaziguar os ânimos exaltados.
Jesus diz que bem-aventurado é o puro de coração e não aqueles que se banqueteiam com todos os prazeres do mundo.
Jesus diz que bem-aventurado é o perseguido por causa da justiça e não aquele que procura levar vantagem em tudo.
Jesus diz que quem ganha a sua vida, a perde; mas o que a perde, esse é o que a ganha.
Jesus diz que o humilde é que será exaltado.

Pelas lentes do fotógrafo Anderson Souza


Crianças Xikrin's brincam após as festividades do Dia do Índio na aldeia kateté, Parauapebas/PA, Brasil.

Dica de leitura

 
“Política Brasileira: como entender o funcionamento do Brasil”, de Tiago Valenciano e Rafael Egidio Leal e Silva surge com o intuito de preencher uma lacuna no mercado editorial explicar, resumidamente, o funcionamento da política no Brasil.
Situado no campo da ciência política – e porquê não na sociologia política, os autores pretendem (da introdução ao glossário final), demonstrar que a política não é um bicho de sete cabeças e esta pode (e deve) ser compreendida por todos.
O livro é dividido em seis partes. A primeira delas destina-se a explicar o universo da política, do poder, das formas de governo e a democracia, em especial, a brasileira. Na segunda parte, os autores definem qual é e como funciona o sistema político brasileiro e a famosa tripartição do poder. No terceiro momento, as principais ideologias políticas são contempladas. A principal questão desta parte é: afinal, ainda existem ideologias políticas no Brasil? A quarta parte é destinada aos partidos e as eleições no país. Na quinta parte, os autores abordam qual é o sistema eleitoral do Brasil e um dos temas do momento: a reforma política. A última parte está motivada pela seguinte questão: por quê o Brasil não dá certo?
Direcionado ao público em geral, o livro também pode ser utilizado por estudantes de ensino médio (pela facilidade na linguagem adotada), por acadêmicos das Ciências Sociais, do Direito, da Administração, da Filosofia, da História, enfim, dos diversos campos de conhecimento das ciências humanas.

Música - Tua palavra, Aline Barros


Poema - Embarque, Michel Temer

"EMBARQUE
Embarquei na tua nau
Sem rumo. Eu e tu.
Tu, porque não sabias
Para onde querias ir.
Eu, porque já tomei muitos rumos
Sem chegar a lugar nenhum"








Um olhar sobre as famosas obras de artes


A Última Ceia é uma das obras mais famosas do grande gênio Leonardo Da Vinci

A Praça da Bíblia


Imagens - Pebinhadeaçucar

A Praça da Bíblia construída num local privilegiado onde dar para ver toda a CAPITAL do DINHEIRO no dia 26 de novembro e foi feita para ser um cartão postal da cidade.

Desde a sua inauguração a Praça da Bíblia tornou-se um local perigoso onde os usuários de drogas, traficantes e os jovens com seus potentes carros de sons fazem a festa até o dia amanhecer.


Mas, ainda dar tempo desse cartão postal ser recuperado e entregue novamente para a população basta algumas atitudes simples e tudo se resolverá.

Com incentivo as próprias igrejas evangélicas e católicas poderiam fazer apresentações e programas em datas especificas como shows e eventos para atrair esse público que adora novidades.

A própria secretaria de Cultura poderia incentivar os vários grupos de danças, grupos de teatro, o zumba entre outras atrações para recuperar esse cartão postal de grande valia para a população da CAPITAL do DINHEIRO.

      

Por que os funcionários públicos da CAPITAL do DINHEIRO atendem tão mal os usuários dos serviços públicos?


Nas minhas andanças e visitas nos bairros da CAPITAL do DINHEIRO ouço de todos que os atendimentos em vários setores dos serviços públicos são horríveis, atendentes mal educadas, vigilantes grossos, enfermeiros ignorantes e secretarias escolares sem educação, enfim atendem mal a população parauapebense.  
 
Fala-se muito do serviço público. Dizem que falta condições de trabalho, equipamentos, estrutura, salário... Mas falta também educação, qualidade no atendimento e capacidade de empatia por parte de muitos atendentes.

A falta de educação, o despreparo e a impaciência, de muitos atendentes chama a atenção mais do que qualquer outro problema aparente.

A má vontade é um problema grave no setor público e faz aumentar, ainda mais, os conflitos sociais entre os usuários dos serviços e os agentes públicos.

Existem, certamente, instituições públicas que levam a sério a importância de um atendimento com qualidade. O que hoje, as vozes das ruas têm chamado de "Qualidade Padrão FIFA". Mas, certos órgão e instituições estão longe de alcançarem um padrão de qualidade, principalmente pelo fator humano.

Por mais que haja dificuldades físicas e operacionais, é o funcionário, o agente público, que fará a diferença no atendimento. Muitos desconhecem a importância e o objetivo da função que exercem e principalmente da importância da função de servidor público para sociedade.

Eles são tão cara de pau que ainda colocam assim: 
 

Museu de Parauapebas

A CAPITAL do DINHEIRO tem apenas 28 anos de criação, mas a sua história já merece um livro e um Museu para mostrar para a população suas lutas e conquistas de um povo forte e destemido.

No ano de 2011 mas precisamente em dezembro com a Lei Municipal nº 4.77 foi criado o Museu que recebe o nome de Hilmar Harry Kluck, primeiro diretor da Câmara Municipal de Parauapebas e um dos maiores indigenistas da região, de acordo com Rose Valente, ex-diretora da instituição. 

Já faz 4 anos e cinco meses desde a criação da Lei do Museu e até agora nada. Com a implantação do Museu Hilmar Harry Kluck a cidade teria mais uma opção de Lazer e Cultura e até fomentaria o turismo local.

Através do Museu a população de Parauapebas teria acesso a historia de sua cidade, desde a sua a emancipação até os dias atuais. 

O objetivo principal do Museu é proteger a memória histórica do município, salvaguardar objetos, como livros, cartas, jornais, documentos e outros elementos que se refiram à história do povo que aqui habitam.

55 senadores derrubam a torre da Rainha decorativa chamada de presidenta Dilma Rousseff

Resultado de imagem para queda da dilma rousseff
A Rainha decorativa chamada de presidenta Dilma Rousseff que sai do cargo por 180 dias e deixa o país com 11 milhões de desempregados, recessão e alta da inflação e um PIB mixuruco.

No dia 17 de abril 367 deputados federais aprovaram o impeachment da Rainha decorativa deixando a presidenta e o seu pupilo Lula desnorteados com a queda do império lulista.

Ontem 11 de maio, mas uma derrota sofreu o império Lulista com a sua Rainha decorativa onde 55 senadores aprovaram com convicção o afastamento desse império que já durava 10 anos.

A Rainha decorativa com seu jeitão arrogante, prepotente e orgulhosa sucumbiu e durou apenas quase 2 anos, triste realidade.

Popular Posts