Seguidores

Minuto Finanças _ 41,4% dos brasileiros estão com o "nome sujo"

Resultado de imagem para inadimplentes
Quarenta e um por cento dos consumidores brasileiros estão impossibilitados de fazer compras a prazo por estarem com o nome "sujo", a maior parte deles pertencentes às classes C e D, mostrou um estudo do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

Veja onde estão os 41,4% dos devedores espalhados pelas cinco regiões brasileiras.

Sudeste

Resultado de imagem para sudeste
26,94 milhões de pessoas estão com os nomes sujos.


Nordeste
Resultado de imagem para nordeste
17,45 milhões de pessoas inadimplentes.

Sul


Resultado de imagem para sul
8, 15 milhões com nomes sujos.

Norte

Resultado de imagem para norte
5,80 milhões de endividados.

Centro-Oeste

Resultado de imagem para centro-oeste
4,94 milhões de endividados.

Esses 41,4% dos brasileiros com os nomes sujos não tem previsão de quando quitaram essas contas. O meio mais fácil para quitarem suas dívidas será contraindo empréstimos, caso contrário continuaram com o nome sujo. 

Temer diz que pesquisa sobre popularidade "não é verdade


“O pior cego não é aquele que vê e não consegue enxergar, mas aquele que não consegue olhar para dentro de si e ver-se.” ( Marx Karter )

O presidente Michel Temer (MDB) disse que a última pesquisa Datafolha, na qual aparece com 82% de rejeição, "não é verdadeira". A pesquisa foi divulgada no dia 10 de junho.

Esse presidente do PACOTE de MALDADES, Michel Temer, um sobrevivente no aquário do congresso onde só há tubarões, e o presidente um peixinho ainda reclama da baixa popularidade, faz me rir presidente.

A popularidade desse presidente sobrevivente está errada, pois creio que deva está em 100% de rejeição. É simples é só o presidente sobrevivente andar sozinho pelas Ruas sem os seguranças que verás a sua popularidade, rsrsrsrs.

Com diz  Max Karter “O pior cego não é aquele que vê e não consegue enxergar, mas aquele que não consegue olhar para dentro de si e ver-se.”   

Cabrobó _ Quem as lideranças irão apoiar nessas eleições de 2018?


Resultado de imagem para candidato a prefeito tonho de nestor em cabrobo
Tonho de Nestor  - Eterno candidato a prefeito

O eterno candidato a prefeito, Tonho de Nestor, terá uma missão "daquelas" nessas eleições de Outubro. Mostrar o seu potencial político, como liderança. 

Deputado federal Augusto Coutinho
Cabrobó  
Obteve 6 votos
Estado
67.918  mil votos
Deputado estadual  Doriel Barros
Neófito


Resultado de imagem para o  prefeito auricelio em cabrobo
Auricélio Torres – Prefeito ELITE

O ex-prefeito ELITE que governou a cidade no período de 2013 a 2016, terá uma missão de vida, ou morte. Sem o poder nas mãos do TRONO SAGRADO terá que mostrar que tem capital político o suficiente para dar votos aos seus deputados. 

Deputado federal João Coutinho
  Cabrobó              
Obteve 5.608 votos
Estado
120.059 mil votos
Deputado estadual Lucas Ramos

Obteve 5.265 votos

58.515 mil votos

Resultado de imagem para eudes caldas
Eudes Caldas – O CACIQUE MOR

O ex-prefeito e CACIQUE MOR terá que provar que é o cara, ops o queridinho dos eleitores, pois apoiará o deputado e ex-ministro Fernando Coelho, aquele que votou contra os trabalhadores e um defensor do presidente do PACOTE de MALDADES, Michel Temer. O outro candidato é o vereador Marcos Aurélio que mora lá pras bandas de Recife. Pense numa situação que o CACIQUE MOR terá pela frente, rsrsrs. 

Deputado federal  Fernando Filho
Cabrobó               
Obteve 576 votos
Estado
112 votos mil votos
Deputado estadual, o vereador Marcos Aurélio
Eleições 2016 em Recife
Obteve 7.664 mil votos

58.515  mil votos

Resultado de imagem para candidato a prefeito aurielio  em cabrobo
Marcílio Cavalcante – O prefeito FABRICADO

O prefeito FABRICADO e BIPOLAR que tem uma rejeição nas alturas irá fazer seu primeiro teste de fogo para ver se tem capital político para 2020 onde irá apoiar dois deputados que você percebe na hora que não terá nenhum compromisso com a minha linda e eterna Cabrobó. 
Deputado federal  Fernando Monteiro
Cabrobó               
Obteve 6 votos
Estado
50.128 mil votos
Deputado estadual, Andreia Lóssio
Neófita, mulher do ex-prefeito de Petrolina Júlio Lóssio




Os 21 livros que Lula já leu nesses dois meses como preso político

 Resultado de imagem para lula na cadeia
A origem humilde do ex-presidente Lula e sua identificação com o povo simples do Brasil sempre foi uma de suas “armas” políticas, mas também é fonte de muitos preconceitos. O fato de Lula não ter frequentado uma universidade é frequentemente lembrado por seus adversários, mas isso não significa que ele não seja culto e que não tenha o saudável hábito da leitura. A página do ex-presidente na internet listou os 21 livros já lidos por ele nesses dois meses de injusto cárcere.

Reproduzimos a seguir a lista dos livros, publicada em lula.com.br que fica como sugestão de leitura:

A Elite do Atraso – Da Escravidão à Lava Jato – Jessé Souza – Leya Numa época em que a questão das desigualdades racial e social estão, mais do que nunca, no centro de cena – dos grandes veículos de comunicação aos comentários nas redes sociais e até mesmo nas conversas das mesas de bar, onde todos parecem ter uma ideia muito bem definida do que é capaz de construir um país ideal -, o sociólogo Jessé Souza escancara o pacto dos donos do poder para perpetuar uma sociedade cruel forjada na escravidão. Esse é o pilar de sustentação de nossa elite, A Elite do Atraso. Depois da polêmica aberta pela obra A Tolice da Inteligência Brasileira e da contundência exposta em A Radiografia do Golpe, o autor apresenta obra surpreendente, forte, inovadora e crítica na essência, com um texto aguerrido e acessível. A Elite do Atraso é um livro para ser apoiado, debatido ou questionado – mas será impossível reagir de maneira indiferente à leitura contundente de Jessé Souza a ideias difundidas na academia e na mídia.
Homo Deus – Harari, Yuval Noah – Companhia das Letras Neste “Homo Deus”: uma breve história do amanhã, Yuval Noah Harari, autor do estrondoso best-seller Sapiens: uma breve história da humanidade, volta a combinar ciência, história e filosofia, desta vez para entender quem somos e descobrir para onde vamos. Sempre com um olhar no passado e nas nossas origens, Harari investiga o futuro da humanidade em busca de uma resposta tão difícil quanto essencial: depois de séculos de guerras, fome e pobreza, qual será nosso destino na Terra? A partir de uma visão absolutamente original de nossa história, ele combina pesquisas de ponta e os mais recentes avanços científicos à sua conhecida capacidade de observar o passado de uma maneira inteiramente nova. Assim, descobrir os próximos passos da evolução humana será também redescobrir quem fomos e quais caminhos tomamos para chegar até aqui.
Laika – Abadzis,Nick – Boitempo Em plena Guerra Fria, a União Soviética tomou a dianteira na corrida espacial ao colocar em órbita, em 1957, um satélite artificial que transportava o primeiro ser vivo a ir para o espaço: a cadelinha Laika. Nesta HQ roteirizada e ilustrada por Nick Abadzis, que foi vencedora do prêmio Eisner, o mais importante dos quadrinhos mundiais, a história dessa pequena heroína soviética é contada com o detalhamento e a delicadeza que ela merece, em uma mescla magistral de realidade e ficção.
Os Beneditinos – José Trajano – Companhia das Letras – O narrador desta deliciosa trama não está em seus melhores dias. Perdeu o emprego de jornalista, vive só, no bairro da Mooca, e tem de cuidar da saúde, que não anda boa. A vida lhe reserva poucos momentos de felicidade: assistir às partidas do Juventus, o Moleque Travesso, que o faz se lembrar do América, seu time do coração. Tomar ocasionalmente uma cerveja com petiscos. E se dedicar às suas partidas de futebol de botão contra veteranos do bairro. Suas perspectivas mudam, no entanto, ao folhear uma revista na sala de espera de seu dentista e encontrar a manchete: “Será em Londres o 1º Mundial de walking futebol”. Futebol andando? Com a ajuda de seu filho, ele descobre mais sobre essa categoria, reservada aos que já passaram da flor da idade, em que não se pode, em momento nenhum da partida, tirar os dois pés do chão. É a chance que procurava para reunir seu antigo time do Colégio São Bento, no Rio de Janeiro, e colocar os esportistas aposentados para treinar. Desta vez, os Beneditinos irão à desforra das derrotas sofridas para o Santo Inácio, tantas décadas atrás.
O Amor nos Tempos do Cólera – Márquez, Gabriel García – Record – Ainda muito jovem, o telegrafista, violinista e poeta Gabriel Elígio Garciá se apaixonou por Luiza Márquez, mas o romance enfrentou a oposição do pai da moça, coronel Nicolas, que tentou impedir o casamento enviando a filha ao interior numa viagem de um ano. Para manter seu amor, Gabriel montou, com a ajuda de amigos telegrafistas, uma rede de comunicação que alcançava Luiza onde ela estivesse. Essa é a história real dos pais de Gabriel García Márquez e foi ponto de partida de ‘O amor nos tempos do cólera’, que acompanha a paixão do telegrafista, violinista e poeta Florentino Ariza por Fermina Daza.
Vá, Coloque Um Vigia – Harper Lee – José Olympio – A continuação de O sol é para todos, um dois maiores clássicos da literatura mundial Jean Louise Finch, mais conhecida como Scout, a heroína inesquecível de O sol é para todos, está de volta à sua pequena cidade natal, Maycomb, no Alabama, para visitar o pai, Atticus. Vinte anos se passaram. Estamos em meados dos anos 1950, no começo dos debates sobre segregação, e os Estados Unidos estão divididos em torno de questões raciais. Confrontada com a comunidade que a criou, mas da qual estava afastada desde sua mudança para Nova York, Jean Louise passa a ver sua família e amigos sob nova perspectiva e se espanta com inconsistências referentes à ética e a pensamentos nos âmbitos político, social e familiar.
Feminismo Em Comum – Para Todas, Todes E Todos – Márcia Tiburi – Rosa Dos Tempos – Podemos definir o feminismo como o desejo por democracia radical voltada à luta por direitos de todas, todes e todos que padecem sob injustiças sistematicamente armadas pelo patriarcado. Nesse processo de subjugação, incluem-se todos os seres cujo corpo é medido por seu valor de uso – corpos para o trabalho, a procriação, o cuidado e a manutenção da vida e a produção do prazer alheio –, que também compõem a ampla esfera do trabalho na qual está em jogo o que se faz para o outro por necessidade de sobrevivência. O que chamamos de patriarcado é um sistema profundamente enraizado na cultura e nas instituições, o qual o feminismo busca desconstruir. Ele tem por estrutura a crença em uma verdade absoluta, que sustenta a ideia de haver uma identidade natural, dois sexos considerados normais, a diferença entre os gêneros, a superioridade masculina, a inferioridade das mulheres e outros pensamentos que soam bem limitados, mas ainda são seguidos por muitos. Com este livro, Marcia Tiburi nos convida a repensar essas estruturas e a levar o feminismo muito a sério, para além de modismos e discursos prontos. Espera-se que, ao criticar e repensar o movimento, com linguagem acessível tanto a iniciantes quanto aos mais entendidos do assunto, Feminismo em comum seja capaz de melhorar nosso modo de ver e de inventar a vida.
O Último Cabalista de Lisboa – Zimler, Richard – Bestbolso – Romance histórico premiado que mescla suspense e mistérioLisboa, Páscoa de 1506. A cidade está prestes a passar por um dos momentos mais tristes de sua história. Milhares de judeus, que já haviam sido convertidos à força ao catolicismo, são perseguidos por fanáticos religiosos que os acusam de atrair a seca e a peste que assolam Portugal, prenúncio de uma época de perseguição religiosa instaurada pela Inquisição. Reinava então D. Manuel I, o Venturoso, e os frades incitavam o povo à matança. Dois mil cristãos-novos foram vítimas de um massacre em Lisboa durante as comemorações da Páscoa de Abril de 1506. Os mistérios em torno deste evento verídico são explorados neste extraordinário romance histórico de Richard Zimler, que já recebeu diversos prêmios literários na Europa e nos Estados Unidos. “Em uma atmosfera densa e rica em detalhes, Zimler relata o pesadelo de ser judeu no tempo da Inquisição”, avaliou o The Wall Street Journal.
Um Defeito de Cor – Goncalves, Ana Maria – Record – Fascinante história de uma africana idosa, cega e à beira da morte, que viaja da África para o Brasil em busca do filho perdido há décadas. Ao longo da travessia, ela vai contando sua vida, marcada por mortes, estupros, violência e escravidão. Inserido em um contexto histórico importante na formação do povo brasileiro e narrado de uma maneira original e pungente, na qual os fatos históricos estão imersos no cotidiano e na vida dos personagens, UM DEFEITO DE COR, de Ana Maria Gonçalves, é um belo romance histórico, de leitura voraz, que prende a atenção do leitor da primeira à última página. Uma saga brasileira que poderia ser comparada ao clássico norte-americano sobre a escravidão, Raízes. “Uma verdadeira viagem pela África do século XIX!” – Lula, em mensagem a autora.
Dois Cigarros – Flávio Gomes – Gulliver – “É fim de tarde. Você entra no carro sem dizer nada e pergunto: vamos? Você diz que sim com um gesto e me mostra o caminho. Depois de meia hora pergunto se você trouxe suas roupas e sua escova de dente. A escova, sim, me responde.” Assim, sem uma história pré-existente, um arquiteto solitário de quarenta e poucos anos e uma jovem misteriosa de grandes olhos verdes que nunca falava sobre o passado se encontram pela primeira vez para uma viagem sem destino. O acaso, que une e separa duas vidas, conduz os personagens do romance de estreia do jornalista Flavio Gomes numa jornada que passa pelo interior de Minas, pequenas cidades alemãs, São Paulo, Paris, Berlim, Amsterdam, Itacaré, Budapeste, Praga e Estrasburgo, sem que jamais um saiba o bastante do outro para imaginar um fim possível.
Quem Manda No Mundo? – Chomsky, Noam – Crítica – O mais importante ativista intelectual do mundo oferece neste livro um aprofundado exame das mudanças do poder norte-americano, as ameaças à democracia e o futuro da ordem global. Meticulosamente documentado, “Quem manda no mundo? ” é um guia indispensável para entender a situação internacional atual. Com clareza e oferecendo diversos exemplos, Chomsky mostra como os Estados Unidos continuam sendo a voz mais forte, mesmo com a ascensão da Europa e da Ásia. O envolvimento americano com China e Cuba, as sanções contra o Irã, os conflitos no Iraque, Afeganistão e Israel/Palestina, a relação com a América Latina e África e o aquecimento global são alguns dos pontos discutidos no livro. Chomsky escreveu um posfácio sobre a eleição de Donald Trump, o referendo Brexit e a ascensão dos partidos ultranacionalistas de extrema direita na Europa. Sua conclusão é alarmante e preocupante sobre o futuro do mundo.
A Poeira e a Estrada – Maciel Melo – Carpe Diem – O livro, autobiográfico, intitulado ‘A Poeira e a Estrada’, remete a uma canção composta por Maciel Melo em homenagem a Walmar Belarmino (1961/1997). Maciel mescla histórias pessoais, poesias e causos, de forma solta e coloquial, romanceando a história de um caboclo sonhador, como ele mesmo se descreve. Jessier Quirino assina a orelha, os escritores Antonio Campos e Paulo Rocha escrevem, respectivamente, apresentação e prefácio. A obra ainda traz fotografias, a lista completa de sua discografia, e um glossário traduzindo certos termos do nordestinês, alguns só falados no sertão. “Fiquei com orgulho de ver mais um nordestino fazendo sucesso como escritor e sobretudo como músico” – Lula, em mensagem ao autor.
Esquerda do Mundo, Uni-vos – Boaventura de Sousa Santos – Boitempo Quais são os possíveis rumos das esquerdas? Quais os caminhos para uma luta unificada internacional? Em seu novo livro, o sociólogo português Boaventura de Sousa Santos faz um panorama crítico do interregno pós-crise de 2008. O desmantelamento da democracia no Brasil, as dificuldades do processo de paz na Colômbia, a crise institucional no México, os desafios do Podemos espanhol, as novas facetas do imperialismo e a experiência portuguesa, que possibilitou o único governo de esquerda na Europa atual, são as conjunturas que o autor analisa a fim de oferecer elementos para o combate ao neoliberalismo e propostas para o futuro da esquerda mundial. Boaventura centra sua reflexão no cenário político e nas forças de esquerda de determinadas nações e, a partir disso, apresenta questões de fundo que se movem para escalas temporais de médio e longo prazos.
A Melancia do Presidente – Wellington Dias – Wellington Dias, que é autor de outros livros, como “Macambira” (1995), “Maria Valei-me” (1984), “Novos Contos Piauienses” (1984), “Tiradas do Tio Sinhô” (2007), dentre outros, afirmou que não gosta de se auto intitular como escritor, mas como “escrevedor”. “Sou governador, mas também continuo um ser humano, então gosto do esporte, gosto da música, gosto da pesca, de escrever… Na região onde cresci, aprendi a ouvir os mais velhos contando causos, histórias de onça, de alma, de ‘trancoso’, como a gente dizia. Isso é um tipo de cultura que, se não tivermos cuidado, desaparece no tempo. A Melancia do Presidente traz 23 causos que ouvi tanto no Piauí como em outras regiões, Paraíba, Ceará e Pernambuco”, relata o governardor do Piauí
Belchior – Apenas Um Rapaz Latino-Americano – Medeiros, Jotabê – Todavia – Um livro revelador sobre uma figura fascinante da MPB que merece ser mais conhecida do público. Um artista às vezes enigmático, sempre refinado e imensamente popular. Caderno de imagens em cores. Discografia completa. A morte de Belchior, em abril de 2017, foi uma comoção nacional. Dez anos antes, o artista desaparecera. Foi a partir do mistério desse sumiço que Jotabê Medeiros deu início à pesquisa para um livro sobre o autor de clássicos como “Velha Roupa Colorida”, “Alucinação” e “Como nossos pais”. Realizou dezenas de entrevistas com parceiros musicais, amigos, familiares e produtores de seus discos. Apenas um rapaz latino-americano traz períodos pouco conhecidos da vida de Belchior, como os anos em que passou em um mosteiro, na adolescência. Foi ali que o artista travou seu primeiro contato com a literatura e a filosofia e habituou-se ao silêncio e à introspecção que seriam características marcantes até o fim da vida.
O Voto do Brasileiro – Almeida, Alberto Carlos – Record Um guia didático e revelador em edição bilíngue sobre o processo eleitoral brasileiro, as carências e desigualdades do país e o que as urnas nos reservam. A partir da análise de mapas comparativos inéditos sobre o comportamento eleitoral do brasileiro nos últimos 12 anos, o cientista político Alberto Carlos Almeida destrincha as últimas três eleições presidenciais no Brasil e projeta um possível cenário para as eleições presidenciais de 2018. Do ponto de vista do comportamento eleitoral, as eleições presidenciais brasileiras são bem estruturadas e previsíveis, e em nada devem às eleições nacionais dos países que consideramos exemplo de desenvolvimento. Ao final destas páginas, o leitor certamente vai chegar a uma conclusão sobre as eleições deste ano; mas o livro não se esgota aí. O que tem de melhor é o retrato que faz do Brasil e o olhar que projeta para além das urnas, o que o torna leitura obrigatória a todos que se interessam por política.
O Sol na Cabeça – Martins,Geovani – Companhia das Letras – Nos treze contos de O sol na cabeça, deparamos com a infância e a adolescência de moradores de favelas – o prazer dos banhos de mar, das brincadeiras de rua, das paqueras e dos baseados –, moduladas pela violência e pela discriminação racial. Em O sol na cabeça, Geovani Martins narra a infância e a adolescência de garotos para quem às angústias e dificuldades inerentes à idade somase a violência de crescer no lado menos favorecido da “Cidade partida”, o Rio de Janeiro das primeiras décadas do século XXI. Em “Rolézim”, uma turma de adolescentes vai à praia no verão de 2015, quando a PM fluminense, em nome do combate aos arrastões, fazia marcação cerrada aos meninos de favela que pretendessem chegar às areias da Zona Sul. Em “A história do Periquito e do Macaco”, assistimos às mudanças ocorridas na Rocinha após a instalação da Unidade de Polícia Pacificadora, a UPP. Situado em 2013, quando a maioria da classe média carioca ainda via a iniciativa do secretário de segurança José Beltrame como a panaceia contra todos os males, o conto mostra que, para a população sob o controle da polícia, o segundo “P” da sigla não era exatamente uma realidade. Em “Estação Padre Miguel”, cinco amigos se veem sob a mira dos fuzis dos traficantes locais.
O Último Judeu – Uma História de Terror na Inquisição – Gordon, Noah – Rocco – O último judeu tem como pano de fundo os horrores da Inquisição, Noah Gordon conta a história de Yonah Helkias Toledano, o último judeu da Espanha no final do século XV. O édito real expulsando seu povo da região é o ponto de partida para o caminho errante desse menino de apenas treze anos, que ficou sozinho, após presenciar o assassinato de sua família e a fuga de sua gente, única opção de sobrevivência ao negar a conversão, imposta pelo decreto. Determinado a manter as tradições de família, Yonah Toledano inicia sua verdadeira epopéia pelas inóspitas regiões da Espanha daquela época, apenas com a fé em Deus e, no início, acompanhado de um burro esperto, chamado secretamente de Moisés. Com a vida sempre por um fio, o último judeu muda de nome, trabalha na terra como peão, num calabouço como servente, será médico, cirurgião e tradutor, entre outras funções. Adquire experiência e consegue manter-se vivo e não-convertido, sonhando em ver seus filhos terem idade suficiente para transmitir-lhes as crenças que preservara dentro de si, levá-los aos lugares secretos, acender velas do shabat e entoar preces. A narrativa é uma envolvente aventura, principalmente porque Gordon a recheia de descrições detalhadas dos perigos que rondam Yonah.
Thomas Piketty e o Segredo Dos Ricos – Dowbor, Ladislau / Piketty / Bava,Silvio Caccia – Veneta – A publicação dos estudos do francês Thomas Piketty a respeito da desigualdade social e da crescente concentração de riqueza ganharam as manchetes de jornais do mundo inteiro. E catalisou um debate que já estava em andamento as respeito dos efeitos disso na economia, no meio ambiente e no próprio exercício da democracia. Este livro, organizado pelo Le Monde Diplomatique Brasil, é uma apresentação desse debate, com textos do próprio Piketty e diversos outros dos principais pensadores sociais de nosso tempo. Entre eles Samuel Pinheiro Guimarães, Ladislau Dowbor, Russell Jacoby, Kostas Vergopoulos e Luiz Gonzaga Belluzzo.
Ressurreição – Tolstoi, Leon – Cosac Naify – Ressurreição, de 1899, o último livro publicado em vida por Liev Tolstói (1828-1910), completa o trio de seus grandes romances ao lado de Anna Kariênina e Guerra e paz(lançamento previsto para 2011). A primeira tradução brasileira direta do original russo, feita por Rubens Figueiredo, chega às estantes no ano do centenário da morte do autor. A apresentação do tradutor traz detalhes do contexto em que a obra mais polêmica do mestre russo foi criada e, ao lado do texto de quarta capa do cientista político Paulo Sérgio Pinheiro, atualiza sua dimensão literária e social.
Vida – 4 Biografias – Leminski, Paulo – Companhia das Letras – Sob o olhar poético e apaixonado de um mesmo admirador, essas quatro trajetórias aparentemente desconexas ganham novas dimensões, criam elos e se complementam, em comunicação permanente com a vida e a obra de seu biógrafo. Trótski é visto como um homem de letras, autor do “mais extraordinário livro sobre literatura” já escrito por um político. Cruz e Sousa é personagem central de um movimento que Leminski chama de “underground” e que muito o influenciaria: o simbolismo. Bashô, antes de se tornar pai do haikai, foi membro da classe samurai. E Jesus é um “superpoeta”. Enquanto traz à tona lados surpreendentes de quatro de seus heróis, Leminski revela muito de si mesmo, tão múltiplo e fascinante quanto os biografados, e fornece a seus fãs, em narrativas aliciantes e cheias de estilo, uma gênese de suas principais influências.
Com informações de lula.com.br.

Morre o ex-vereador de Parauapebas, Avenir Freitas

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas e área interna
"Acreditamos ficar tristes pela morte de uma pessoa, quando na verdade é apenas a morte que nos impressiona'. 
Gabriel Meilhan

Faleceu na madrugada do domingo 17, em Goiânia, o Senhor Avenir Carlos de Freitas, onde estava em tratamento de câncer.

O Avenir era pioneiro de Parauapebas, onde foi vereador no período de 1996 a 2000, morre um grande exemplo de ser humano.

Nas eleições de 1996, foi eleito com uma votação estrondosa de 981 votos. O mandato durou de 1997 a 2000, sendo a terceira legislatura municipal.

Foi reeleito para mais um mandato de quatro anos na Casa de Leis, sendo a quarta legislatura municipal para o período de 2001 a 2004.

Passados os 8 anos de mandato, o nobre vereador não quis mais vir como candidato a vereador, assim encerrou sua carreira política no seu apogeu.

Seu corpo será velado na capital do Goiás, Goiânia, onde já residia com seus familiares.


Pelas lentes do fotógrafo Anderson Souza

A imagem pode conter: céu, árvore, atividades ao ar livre e natureza
Entardecer na Floresta. 

Parque Nacional dos Campos Ferruginosos, Parauapebas, Amazônia, Pará, Brasil.

A Escola Janelas para o Mundo realiza I Mostra mapa social de Parauapebas

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé
Painel de apresentaçâo da I Mostra do Mapa Social da CAPITAL do DINHEIRO.
A Escola Estadual de Ensino Médio Janelas para o Mundo, através da professora Silvanete Martins Corrêa, licenciada em Matemática pela UFMA-MA, realizou juntamente com os fascinantes alunos dos primeiros anos a I Mostra de Mapa Social da CAPITAL do DINHEIRO.
Os alunos apresentando o resultado das pesquisas
Segundo a professora Silvanete, o objetivo do projeto foi relacionar a matemática cotidiana, com a matemática escolar, e com isso tornando interessante a aprendizagem dos conteúdos de matemática.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas
A professora Silvanete com as alunas na I Mostra.
Os temas trabalhados nessa I Mostra foram Saúde, Educação, Violência e a Qualidade de vida da população da CAPITAL do DINHEIRO, uma cidade que tem um dos maiores e que se encontra na 34º cidade mais rica do Brasil.  

Os dados, não são tão animadores, para uma cidade que até o momento arrecadou nesses 6 primeiros meses 140 milhões de reais.  



* Esses alunos são do turno da tarde.

Marina Silva será o segredo de Lula?

Marina Silva
Muitos políticos estão ansiosos para saber a decisão de Lula sobre as eleições presidenciais, que ganharia, de acordo com as pesquisas, mas que lei da Ficha Limpa certamente o impedirá de disputar. Não acho que o líder popular que um dia conquistou os brasileiros com seu lema “A esperança venceu o medo”, impossibilitado de se candidatar, prefira hoje morrer esmagado como Sansão com todos os filisteus ao invés de, por exemplo, apoiar uma candidatura externa ao seu partido.
Tanto o PT como a esquerda moderada estão preocupados com o que Lula pode decidir, uma vez que do destino de mais de 30% do apoio que ainda tem dependerá o resultado de uma das eleições mais imprevisíveis e perigosas da história da democracia brasileira. Sem dúvida, a decisão final de Lula sobre seu capital de votos depende de que a esquerda, ou pelo menos as forças progressistas, possam ter um peso importante, mesmo que seja na oposição.
Quem poderia ser? É verdade que Lula já decidiu? Seria esse o seu segredo mais bem guardado? Gostaria apenas de lembrar que, terminados seus dois primeiros mandatos, comentou-se que Lula estava indeciso entre Dilma Rousseff e Marina Silva, ambas ex-ministras suas, para sucedê-lo. Marina tinha militado 30 anos no PT de Lula e era vista então como um “Lula de saias”.
Ninguém sabe o que o ex-presidente carismático está decidindo no momento mais crítico de sua vida política e existencial. No entanto, não há dúvida de que, se os seus eleitores procuram alguém parecido com ele, a biografia de Marina é mais próxima da sua, de suas origens humildes, de sua força de superação e de seu compromisso social. Em muitos aspectos, Marina, que foi forjada na luta dos seringueiros por Chico Mendes, se parece mais com o Lula das origens do que muitos daqueles que militam hoje no PT, um partido que acabou contaminado pela velha política de compromisso e pela corrupção, desvanecendo tantas esperanças que haviam alimentado milhões de brasileiros, dos analfabetos aos intelectuais e artistas. Foi aquele partido, que estava começando a se desviar de sua essência, que Marina preferiu abandonar, mas com o qual lhe é mais fácil dialogar, do que, por exemplo, com a direita da caverna.

Minuto Finanças _ Botijão de gás queima 40% da renda dos mais pobres

Resultado de imagem para botijao de gás
A alta de preços do botijão de gás de cozinha, que nos últimos 12 meses teve variação média de 17% – passando de R$ 57 para R$ 67, segundo o levantamento de preços da Agência Nacional do Petróleo (ANP), tem feito com que os consumidores peguem empréstimo com a família ou amigos, substituam o fogão por fogareiro elétrico, usem lenha ou álcool para cozinhar, além de deixar de fazer refeições em casa e passar a comer em restaurantes populares. É o que constatou a reportagem da BBC News Brasil, em reportagem publicada sexta-feira 15.

É um aumento parecido com o do óleo diesel, de 20% no mesmo período, que motivou a greve dos caminhoneiros. Além disso, é uma alta muito acima da inflação, de 2,86% nos últimos 12 meses, na medição do IPCA.


De acordo com o coordenador do Índice de Preços ao Consumidor, da FGV Ibre, André Braz, o aumento acima da inflação significa que as famílias “estão abrindo mão de comprar outras coisas para comprar o botijão de gás, que é essencial”.


Isso ocorre especialmente entre os mais pobres, que não tem muito onde cortar. “Em geral, quanto menos se ganha, maior a fatia da renda que vai para comida – e também para o botijão”, afirma Braz ao site da BBC. Ele exemplifica que, para quem vive do benefício médio do Bolsa Família, um botijão de gás representa 37% do orçamento doméstico. Para quem ganha um salário mínimo, 7%. Já para quem recebe 10 salários mínimos, apenas 0,7%.


Ao longo de 13 anos, entre 2002 e 2015, o preço do botijão vendido pela estatal ficou praticamente congelado no Brasil. Era um tipo de subsídio ao gás de cozinha, que vigorou durante quase todo o governo petista de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. 


A partir de 2015, a estatal elevou o preço do gás em 15%. A seguir, a partir de junho de 2017, houve praticamente uma alta por mês. Em resposta às críticas pelos aumentos mensais, a Petrobras passou a reajustar os preços a cada três meses. Esse ano, em vez de subir, o preço já caiu duas vezes. O próximo reajuste está programado para junho.

Cabrobó _ 1° Encontro de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher foi um sucesso

A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sentadas e área interna
A violência contra mulheres  constitui-se em uma das principais formas de violação dos seus direitos humanos, atingindo-as em seus direitos à vida, à saúde e à integridade física. Ela é estruturante da desigualdade de gênero.
 
A violência contra as mulheres se manifesta de diversas formas. De fato, o próprio conceito definido na Convenção de Belém do Pará (1994) aponta para esta amplitude, definindo violência contra as mulheres como “qualquer ação ou conduta, baseada no gênero, que cause morte, dano ou sofrimento físico, sexual ou psicológico à mulher, tanto no âmbito público como no privado” (Art. 1°). Além das violações aos direitos das mulheres e a sua integridade física e psicológica, a violência impacta também no desenvolvimento social e econômico de um país.

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sentadas
Baseado no que vem ocorrendo em nível nacional e estadual aconteceu no prédio da Secretaria da Mulher de Cabrobó, o 1º Encontro de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher, onde varias autoridades, o capitão Lira, o delegado Elionai, a vereadora Suzana Freire, representantes dos Quilombolas e assistentes sociais que discutiram sobre o tema “Violência contra as mulheres” expondo seus pontos de vistas. 

Segundo os coordenadores do encontro esse debate foi de suma importância para discutir politicas públicas a favor das mulheres. 

O próximo encontro está marcado para o dia 28 no bairro da Temperatura.

O blogger entrou em contato com a secretária da Mulher, Cultura, Esporte e Lazer, Maria Virlane Saraiva pelo WathsApp a mesma visualizou mais não respondeu

A imagem pode conter: 21 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna


Secretaria da Mulher, Cultura, Esporte e Lazer – Maria Virlane M. Saraiva

Presidente Temer, reprovado e o Ministro Gilmar, detestado por 83% dos brasileiros

Resultado de imagem para presidente temer e gilmar mendes
O presidente do PACOTE de MALDADES, Michel Temer, segundo a última pesquisa realizada no dia 10 de junho pelo site do jornal "Folha de S.Paulo" indicou que o governo é reprovado por 82% dos entrevistados.

O ministro do STF Gilmar Mendes é uma das figuras públicas mais detestadas do Brasil. Quem diz isso são os 83% de brasileiros entrevistados pelo Instituto Ipsos.

O presidente Temer pelo PACOTE de MALDADES contra os trabalhadores brasileiros. O ministro Gilmar Mendes pelo fato de liberar 24 dos 26 alvos de prisões preventivas da Lava-Jato.

Em suma, esses são as duas principais figuras mais odiadas pelos brasileiros.   

Música _ Sem Limites Pra Sonhar, Fábio Junior e Fafá de Belém

Há uma chance da gente se encontrar
Oh! Há!
Há uma ponte pra nós dois em algum lugar
Ah! Ah!
Quando homem e mulher
Se tocam num olhar
Não há força que os separe (Fragementos da música Sem Limites Para Sonhar) 

Saúde _ Cientistas criam 'cirurgia em pílula' para tratar diabetes e obesidade

Intuito é facilitar a adesão ao tratamento.
Intuito é facilitar a adesão ao tratamento

Pesquisadores criaram um tratamento menos invasivo que o bypass gástrico (tipo de bariátrica), mas igualmente eficaz, para combater a obesidade e também o diabetes tipo 2. Trata-se de uma pílula especial, com uma substância que reveste temporariamente o intestino e inibe a absorção de nutrientes, evitando picos de açúcar no sangue após a refeição.

A ideia é que o paciente final tome a pílula antes de comer para, de forma transitória, revestir o intestino e replicar os efeitos da cirurgia. Os membros da equipe contam ter procurado um material inicial que tivesse as propriedade certas para aderir ao intestino delgado e depois se dissolver em questão de horas.

Mais uma vitória da ciência com seus fascinantes pesquisadores, a população agradece. 


Criminalidade já custa 4,38% do PIB


Os custos econômicos com o combate e com as consequências da criminalidade no país subiram de R$ 113 bilhões para R$ 285 bilhões entre 1996 e 2015. O valor equivale a um incremento real médio de cerca de 4,5% ao ano. Os dados estão no relatório “Custos Econômicos da Criminalidade no Brasil”, divulgado, nesta segunda feira, pela Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos, da Presidência da República.

O gasto com a criminalidade em 2015 é três vezes maior que o orçamento da União para Educação em 2018. Em 20 anos, o Brasil perdeu R$ 450 bilhões em capacidade produtiva devido à redução da força de trabalho.


O estudo aponta ainda que os custos da criminalidade no Brasil correspondem a 4,38% do Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todas as riquezas produzidas pelo país. De acordo com o relatório, apesar do aumento significativo dos gastos com segurança pública nos últimos 20 anos, “o retorno social de tal aumento foi limitado” e houve crescimento nos índices de homicídios no país, passando de 35 mil para 54 mil.


Esse crescimento, de acordo com o texto, mostra que as políticas públicas para a área de segurança não podem ser baseadas apenas na expansão de recursos. O estudo aponta a necessidade da análise das políticas existentes para possíveis adaptações ou, até mesmo, a descontinuidade quando não observada eficácia.


“É imperativo aumentar a eficiência das políticas de segurança, buscando soluções de alto impacto e baixo custo. Tal ganho de eficiência depende do estabelecimento de uma política de segurança baseada em evidências que demonstrem quais tipos de intervenções funcionam”, registra o texto.
 

Rapidinhas da minha linda e eterna Cabrobó


Resultado de imagem para rapidinhas
Professores contratados
Os professores contratados estão passando uma aventura a cada mês que se incia, o problema dessa aventura é o prefeito FABRICADO que nunca pagou aos professores no dia 10. 

Professores contratados II
Pasmem, o salário dos professores contratados está em torno de 400 reais e o prefeito Fabricado ainda atrasa o salário dos mesmos. Esse prefeito vem demostrando nesses 18 meses que não está nem aí para os fascinantes professores.

As sessões solenes sobrevivem de moções
As reuniões na CASA de LEIS ultimamente vem resumindo, a moção, títulos e honraria. A "TERRA da CEBOLA' com tantos problemas para resolver, como salários atrasados, diárias atrasadas, saúde na UTI, educação precisando de socorro mas os nobre vereadores não conseguem enxergar isso.

As sessões solenes sobrevivem de moções
O engraçado é que grande parte dessas moções são para quem já morreu, para quem vai morrer, ou para fazer média com alguns figurões que no momento exercem cargos importantes em Pernambuco.

O Lampião da CASA de LEIS, mudou
O vereador Marcos de Neuma, pasmem, entrou 2018 mais ligth, com discursos amenos e até sugerindo melhorias para a cidade.

O lampião da CASA de LEIS, mudou II
O que teria acontecido para o nobre vereador Marcos de Neuma mudar da água para ou vinho, ou do vinho para a água, rsrsrs, será que o vereador vendeu toda a sua plantação de cebola para o Sul? Será que o nobre vereador tem alguma pesquisa guardada a 7 chaves que mostra que tem chances reais de ser o próximo prefeito? Ou está rindo a toa com a sua plantação de melão? Alguma coisa aconteceu com o nobre vereador que está mais light.

Jorge de Jacó, o líder light
O vereador Jorge de Jacó que até pouco tempo queria tornar-se o novo, Lampião da CASA de LEIS, mudou igual se muda de fraldas em crianças recém-nascidos. o líder da CASA de LEIS com o seu novo look a linda camisa rosa está todo ligth, mostrando realmente como deve ser o papel de um líder de governo.

Jorge de Jacó, o novo Dom Juan
O ex-briguento e o ex-amante da confusão na CASA de LEIS, na última sessão deu um show de elegância com o seu lindo blazer e a camisa rosa. Comenta-se pelos quatro cantos da cidade que o nobre vereador e líder de governo, anda rindo a toa, o que será que está acontecendo com o vereador de 7 mandatos?  

Desnecessário
Na sessão do dia 12, uma pequena controvérsia rendeu quase a sessão toda, o motivo, rsrsrs, pasmem, por onde deveria começar a passar a Patrol nas estradas esburacadas, vocês acreditam? pois foi, rsrsrs.     

Desnecessário II      
A cidade pedindo socorro aos nobres vereadores, e os "mesmos" preocupados se a Patrol passaria primeiro pelo Tamboril, ou pelo Serrote é brincadeira. O importante é que passe nas 7 principais estradas do município e não por onde vai começar. Alô, vereadores, perda de tempo essa discussãozinha, esse mimimimimim.
   
Engraçado os deputados estaduais 
Os deputados estaduais que obtiveram na última eleições 8.618 votos, resolveram depois de 3 anos e 6 meses postarem no grupo de WhatsApp mais famoso, o Cabrobó Noticias, as suas ditas obras na cidade e na região.

Engraçado os deputados estaduais II
Os nobre deputados estaduais, ora diretamente, ora pelos seus assessores e ora por vereador mostram os vídeos como os salvadores do Planeta Terra. Teve um deputado que pensei que era o governador Paulo Câmara com tantas obras feitas, pensei, esse deputado virou governador, rsrsrsrs. Esses deputados são uma graça, faz me rir.

   

Popular Posts